Verdades Secretas: “A Darlene é aquele olhar crítico”, diz Bel Kutner

Professora na escola onde estuda Angel (Camila Queiroz) e inquilina de um quarto no apartamento de Hilda (Ana Lúcia Torre), onde a jovem mora, Darlene (Bel Kutner) está sempre atenta a tudo ao seu redor. Logo no início de ‘Verdades Secretas’, desconfiou da facilidade e rapidez com que Angel ganhava dinheiro, e estranha a paixão repentina de Alex (Rodrigo Lombardi) por Carolina (Drica Moraes). “Darlene é aquele olhar crítico. Aquela pessoa que está ali vendo tudo acontecer, mas não consegue fazer nada para impedir, como certamente acontece com várias pessoas”, analisa a atriz.



A trama de Walcyr Carrasco é um dos trabalhos preferidos de Bel, que vive um momento especial da carreira na TV – ela também está no ar como a Celestina em ‘Nos Tempos do Imperador’. ” ‘Verdades Secretas’ foi uma experiência sensacional. Foi mais um trabalho que fiz com o Walcyr (Carrasco) e com o Maurinho (Mauro Mendonça Filho), que são pessoas pelas quais tenho um carinho imenso. Adorei quando soube que a novela seria reexibida, porque hoje estou com outra cabeça para assistir”, conta a atriz, que relembra um pouco mais sobre a personagem e os bastidores de gravação em entrevista.



‘Verdades Secretas’ é escrita por Walcyr Carrasco, com direção de núcleo de Mauro Mendonça Filho e direção geral de André Felipe Binder, Natália Grimberg e Mauro Mendonça Filho, direção de Allan Fiterman, Mariana Richard e André Barros. A obra vai ao ar às segundas após ‘Império’, às terças depois de ‘The Masked Singer Brasil’, às quintas na sequência de ‘Sob Pressão’, e às sextas após o ‘Globo Repórter’. Excepcionalmente, a novela irá ao ar hoje, dia 13, após ‘Sob Pressão’.



ENTREVISTA COM BEL KUTNER

Como foi a experiência de participar de ‘Verdades Secretas’ e o que achou quando soube que a novela seria reexibida?

‘Verdades Secretas’ foi uma experiência sensacional. Foi mais um trabalho que fiz com o Walcyr (Carrasco) e com o Maurinho (Mauro Mendonça Filho), que são pessoas pelas quais tenho um carinho imenso. Adorei quando soube que a novela seria reexibida, porque hoje estou com outra cabeça para assistir, e foi um trabalho muito importante.

Como percebe a importância da sua personagem?

Durante todo o processo foi muito discutida a questão da manipulação, do poder, do glamour. Como isso pode ser usado para destruir a vida das pessoas. São situações presentes na nossa sociedade, envolvendo muitos tabus, e a Darlene era aquele olhar crítico. Aquela pessoa que está ali vendo tudo acontecer, mas não consegue fazer nada para impedir, como certamente acontece com várias pessoas.
O que mais te marcou durante o período em que estava gravando a novela?
Ter feito uma personagem no universo paulistano, que é a minha origem. Minha mãe era de São Paulo. Eu já morei muito tempo lá. Foi muito bom visitar de novo essa cidade, ficar um tempo gravando em São Paulo. Trabalhar com a Drica (Moraes), que é uma atriz sensacional, e com todo um elenco incrível.

Você também está no ar como a Celestina em ‘Nos Tempos do Imperador’. Vive um momento especial na carreira?

Estou muito feliz de fazer parte da primeira novela que a Globo lançou, inédita, na pandemia, para falar da história do nosso país, de um Brasil do século XIX. Dom Pedro II foi um homem muito culto. E o Selton Mello é incrível. É um elenco delicioso também de trabalhar. Fiz vários amigos que já são parte da minha vida.

Textos: Comunicação Globo
Imagem: Divulgação Globo



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

%d blogueiros gostam disto: