#TBt do Rota: Filmes ganhadores do Oscar para ver na Netflix

Com o Oscar se aproximando, resolvemos indicar quatro filmesshow?id=vsXS*qH1P8o&bids=397418 que foram vencedores do prêmio e estão disponíveis na Netflix, para já irmos entrando no clima da premiação. Confere a lista!

 

Leia mais sobre cinema clicando aqui!

 

  • 12 Anos de Escravidão (2013), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado

12-anos-de-escravidão

Em 1841, Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto que vive em paz com a família. Um dia, após aceitar trabalho em outra cidade, ele é preso, acorrentado e vendido como escravo. Ao longo dos doze anos que vive como escravo, é obrigado a suportar humilhações e maus tratos para sobreviver. O filme é uma representação forte da escravidão nos Estados Unidos, com destaque para a atuação visceral de Lupita Nyong’o como Patsey.



  • Clube de Compras Dallas (2013), vencedor nas categorias de Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante e Cabelo e Maquiagem

clube-de-compas-Dallas

O eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) é diagnosticado com Aids, em 1986. Recusando-se a aceitar a sentença de que viveria apenas 30 dias, ele inicia uma luta com a indústria farmacêutica em busca de tratamentos alternativos. Em paralelo, é interessante assistir à mudança de conceitos do personagem, que acaba deixando sua homofobia de lado na amizade com o transexual Rayon, interpretado por Jared Leto.

 



  • Blue Jasmine (2013), vencedor na categoria de Melhor Atriz

Blue-Jasmine

Jasmine (Cate Blanchett) é uma milionária que acaba perdendo todo o seu dinheiro e é obrigada a ir morar com a irmã e os sobrinhos em uma modesta casa em São Francisco. Após o choque da mudança radical de vida, ela precisa encarar seus problemas e entender quem realmente é. A atuação de Cate Blanchett, vencedora do Oscar de Melhor Atriz é excepcional, em uma personagem complexa e que, para uma pessoa comum, pode parecer um pouco irreal.



  • O Discurso do Rei (2010), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Roteiro Original

o-discurso-do-rei

Em tempos de The Crown, O Discurso do Rei torna-se ainda mais interessante. O filme é baseado na biografia de Albert Windsor (Colin Firth), o Rei George VI, que sofreu de gagueira desde os 4 anos de idade. Com a renúncia do irmão mais velho ao trono da Inglaterra, Bertie torna-se rei e precisa enfrentar o pesadelo de fazer discursos, que se tornam muito penosos graças ao seu problema na fala. Após conhecer Lionel (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, o rei consegue não apenas controlar a gagueira, mas encontra um amigo.

Aproveite para ler a resenha do livro aqui!



 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

 

Publicado em: 31 de jan de 2017

#TBt do Rota: 5 destinos menos óbvios para ir no Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte é famoso por suas belas praias, muito visitadas por turistas do mundo inteiro. Porém, o litoral do estado também guarda outras opções fora da curva para os que desejam sair dos roteiros padrão. Selecionamos cinco lugares menos óbvios para aproveitar as belezas naturais desse lugar incrível!

 

Lagoa de Arituba

lagoa-de-arituba
Foto: Divulgação

Apesar de já ter sido menos turístico, este ainda é um lugar pouco visitado por turistas no estado. Localizada no litoral sul, no município de Nísia Floresta, o local é uma ótima opção para quem viaja com crianças. Com águas doces paradas e uma vista sensacional, ainda podemos contar com vários restaurantes que servem comida regional, passeios de caiaque e pedalinhos. Não deixe de provar o pastel de camarão, tradicional da lagoa.

 

 

Mirante dos Golfinhos

mirante-dos-golfinhos

Localizado na praia de Tabatinga, também no município de Nísia Floresta, o mirante dos golfinhos é um lugar para apreciar a natureza em toda sua magnitude. Com sorte, é possível apreciar, além das falésias da praia, os golfinhos que dão nome ao lugar e volta e meia aparecem nas águas da baía. Vale a pena parar para ver!

 

Toca do Chico

toca-do-chico
Foto: Divulgação/Facebook

Localizado no Vale do Pium, o restaurante e balneário é um lugar interessante e inusitado de se visitar. É possível sentar embaixo de árvores, que formam a cobertura do local, e apreciar o rio que corre em meio ao restaurante. Vale a pena apreciar os pavões que andam soltos pelo espaço, além de provar da legítima culinária local.

 

Lagoa do Carcará

lagoa-do-carcará
Foto: Divulgação

Um lugar paradisíaco e pouco conhecido por turistas, a Lagoa do Carcará é uma das mais belas paisagens do Rio Grande do Norte. O acesso ao local não é fácil, é necessário enfrentar um trecho de estrada de barro, mas a recompensa vale a pena. Com uma água cristalina e tranquila, a lagoa conta ainda com restaurantes e passeios de pedalinho para garantir a diversão de toda a família.

 

Praia de Cotovelo

cotovelo
Foto: Divulgação

Uma das mais belas praias do litoral sul do Rio Grande do Norte, a praia de Cotovelo impressiona por suas falésias. Localizado no litoral de Parnamirim, região metropolitana de Natal, o local é isolado e calmo, ideal para aproveitar um dia tranquilo e sem preocupações. É possível também encontrar restaurantes e bares próximos à praia.

 

Salvar

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

 

PUBLICADO EM 28 de jan de 2017 às 12:14

 

Cinépolis do Manaíra Shopping exibirá final da Champions League 2019

Prepare-se para um roteiro digno dos melhores estúdios de cinema do mundo. É que no dia 01 de junho, às 15h15, acontece um dos jogos mais esperados do ano: a final da UEFA Champions League 2019. A Cinépolis Brasil, maior operadora de cinemas da América Latina e segunda maior do mundo em ingressos vendidos, não poderia ficar de fora dessa; e vai exibir ao vivo a final em 34 complexos de sua rede e o Manaíra Shopping está entre eles.

Com transmissão produzida especialmente para os cinemas, o público poderá acompanhar o espetáculo em uma tela gigante com alta definição e narração e comentários exclusivos para esta plataforma. Junte-se ao resto do mundo e venha ver os melhores em campo!

Os ingressos já podem ser adquiridos na pré-venda nas bilheterias da rede Cinépolis, onde o jogo será exibido, ou pelo link. Os valores variam de R$ 80,00 para a Sala VIP (R$ 40,00 meia-entrada) e R$ 60,00 para Sala Tradicional (R$ 30,00 meia-entrada). A sessão ocorrerá no Cinépólis do Manaíra Shopping, na sala 8.

Os ingressos podem ser adquiridos aqui!

 



*TZM Entretenimento assessoria de imprensa

Foto destaque: Pixabay

 

Leia mais: Crítica: Vingadores Ultimato traz um desfecho mediano para a obra final

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Parque da Lagoa leva diversos números de mágica neste domingo

O fim de semana pode ser ainda mais especial para a criançada e toda a família. É que o projeto AnimaCentro tem programação para todos os públicos, no Parque da Lagoa Solon de Lucena, no Centro da Capital. Neste domingo (19), a partir das 16h, o mágico Bruno Moura vai animar o público com diversos números circenses. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

Com entrada gratuita, o espetáculo circense tem o intuito de ir além da mágica, arrancando sorrisos, com números apresentados de forma pura e simples, sempre com interação com o público. “Queremos conquistar as crianças e adultos, tornando, assim, um momento para toda a família, onde o sorriso deles é o nosso principal objetivo”, disse o artista Bruno Moura.

O mágico Bruno surgiu a partir de um sonho, que através de muito estudo, esforço e dedicação se tornando real. Ele é um profissional apaixonado pelo público infantil, em sua trajetória vem conquistando cada vez mais seguidores e se destacando como um mágico cômico, trazendo uma linguagem única e divertida.



 

Serviço:

Apresentação do Mágico Bruno Moura

Local: Parque da Lagoa Solon de Lucena

Dia: Domingo (19)

Hora: A partir das 16h

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Confira quais são as atrações musicais do 2° Festival de Música da PB

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Heloise Baylão canta samba neste sábado na Praça Rio Branco

A cantora Heloise Baylão se apresenta neste sábado (18), a partir das 12h30, na Praça Rio Branco, em mais uma edição do Sabadinho Bom, realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

No show deste sábado, que terá a participação especial do cantor e compositor Luizinhho do Pagode, Heloise Baylão será acompanhada por Osimar Alves (violão), David Fera Gorda (contrabaixo), Paulo Alberto (bateria) e Kojak (cavaquinho e banjo). No repertório, músicas de Alcione, Martinho da Vila e Paulinho da Viola dentre outros grandes sambistas.

Heloise Baylão nasceu em Goiânia (GO) e mora em João Pessoa desde 2017. Iniciou sua carreira musical aos cinco anos, estudando piano clássico. Aos seis anos, ingressou no Conservatório de Música da Universidade Federal de Goiás (UFG), onde se formou em Iniciação Musical e também estudou violão.

A cantora morou na Holanda por 16 anos e foi uma das idealizadoras da Fundação Samba de Quintal na Holanda, onde desde 2003 organiza, produz e divulga projetos culturais brasileira, como o programa de entretenimento “Samba de Quintal” (2004-2007), no qual entrevistou Caetano Veloso, João Bosco, Djavan, Jorge Ben Jor dentre outros nomes da MPB.

Com dois discos gravados, “Heloise Baylão” (1999) e “Tá Escrito” (2011) a cantora já fez diversos shows em João Pessoa e no ano passado e no ano passado se apresentou no projeto Pôr do Sol, no Hotel Globoa. Ela também participou de shows de artistas como Naldinho, Luizinho do Pagode e outros.



 

Serviço:

Sabadinho Bom

Atração: Heloyse Bailão

Local: Praça Rio Branco

Dia: Sábado (18)

Hora: 12h30

Classificação indicativa: 14 anos

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Espaço Mundo: MPB, Jazz e Blues neste fim de semana

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

John Wick 3 estreia nesta quinta nos cinemas de João Pessoa

Toda quinta, como já é esperado, os cinemas de João Pessoa recebem novos filmes no catálogo, e nesta semana a programação está bem variada. Entram em cartaz a continuação do filme de ação John Wick 3, a animação Uglydolls, o romance O Sol Também é uma Estrela e Kardec, longa nacional que fala sobre o pai do espiritismo. Ficou interessado em algum? Então confira a sinopse e veja os trailers dos filmes que mencionamos para escolher qual assistir!



JOHN WICK 3  

20190319-john-wick-3-trailer
Foto: Divulgação

O filme estrelado por Keanu Reeves chega aos cinemas na sua terceira e última parte da trajetória do assassino, que estava aposentado, mas após terem assassinado o cachorro que recebeu de sua esposa falecida, volta ao jogo, como o subtítulo do primeiro filme logo indicia. Após ter matado o chefe da máfia dentro do hotel Continental no segundo filme, John Wick é perseguido pela alta cúpula e a recompensa para quem conseguir capturá-lo é de 14 milhões de dólares. Com toda essa situação ele não vê saída a não ser pedir ajuda para seus antigos parceiros em mantê-lo vivo, o que com certeza não será uma tarefa fácil. Assista ao trailer abaixo e confira você mesmo o quanto as cenas de ação do filme são um prato cheio para quem gosta do gênero!

 

 

O SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA  

o-sol-tambem-e-uma-estrela
Foto: Divulgação

Natasha é uma garota bastante pragmática. Ela acredita que a ciência é a justificativa para todos os fenômenos que ocorreram e ocorrem na terra. Devido ao seu lado científico ser mais forte, não acredita em coisas como o destino e no amor. Porém, ela está numa situação complicada, pois descobriu que em algumas horas a sua família será deportada de Nova York para a Jamaica. Durante um certo momento desse mesmo dia, ela encontra um jovem rapaz que a salva de um atropelamento, e toda essa situação acaba criando um novo sentimento na protagonista, que se encontra num dilema difícil: o surgimento de um novo amor e a viagem de volta para seu país. Pelo trailer dá para perceber que o roteiro do filme segue uma narrativa não muito diferente do que já estamos acostumados, mas é uma ótima opção para quem gosta de romances, e a edição do filme ficou bem interessante!

 

 

KARDEC

kardec
Foto: Divulgação

Esta é uma produção brasileira que conta a história do principal nome do o espiritismo. O filme mostra como foi desenvolvida a habilidade de Allan Kardec em decodificar o espiritismo. No filme também mostra a vivência que ele teve na França e o surgimento da intolerância das pessoas sobre o segmento. Para quem gosta de obras biográficas e se interessa pelo tema, é uma boa escolha assistir Kardec.

 

 

UGLYDOLLS

cena-da-animacao-uglydolls-1542297713760_v2_1920x1080
Foto: Divulgação

A animação Uglydolls traz um tema super interessante na sua história. Moxy, Wage, Babo, Ice-Bat e Wedgehead são os Uglydolls, bonequinhos que são considerados “feios” e que saem em busca de ir até o Instituto da Perfeição tentar reverter essa questão de que todos têm que ser bonitos para serem observados e admirados.

 

 

*Isabelle Vasconcelos/Estagiária sob supervisão

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Crítica: Vingadores Ultimato traz um desfecho mediano para a obra final

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Hotel Globo recebe cantora Myra na programação nesta sexta-feira

A cantora Myra se apresenta nesta sexta (17), a partir das 16h30, no Pôr do Sol no Hotel Globo, no Centro Histórico da Capital. O evento, que faz parte do AnimaCentro, é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope). O show é gratuito.

A apresentação vai trazer o novo projeto da cantora, que tem um grande diferencial em relação aos anteriores. O show vai contar com base eletrônica e muito efeito visual por conta do VJ (abreviação de vídeo jockey), que são práticas artísticas com performance visual em tempo real. Baseado no pop internacional, Myra vai trazer vários gêneros musicais, como o jazz, pop nacional, pop rock e outros.

Para este show no Hotel Globo, a artista revelou que trará muita energia e alegria. “O set crescente terá hits mundiais como ‘One Kiss’, da cantora Dua Lipa, e grandes releituras eletrônicas de divas como Nina Simone, Edith Piaf, Madonna, Rihanna, Cher e outros gigantes da música mundial, além dos maiores artistas do cenário nacional”, disse Myra.

A ideia do show surgiu em 2018, que criou um projeto eletrônico com foco no pop internacional e nacional, e logo caiu no gosto do público, segundo a cantora. “Fiz uma apresentação junto com o IndaHouse em um resort na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, e a química foi tão grande que resolvi convidar o DJ Daniel Cas para fazer parte desse projeto”, revelou Myra, que entra no palco ao lado do músico. Outra novidade na carreira da cantora paraibana é a sua assinatura. Mira Maya acaba de fundir o nome que a acompanhou por mais de 10 anos e lançou sua nova marca ‘Myra’, no início deste ano.



Serviço –

Show da Cantora Myra

Local: Hotel Globo, no Centro Histórico da Capital

Dia: Sexta-feira (17)

Hora: A partir das 16h30

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Espaço Mundo: MPB, Jazz e Blues neste fim de semana

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Documentário “As Cores da Serpente” entra em cartaz no Cine Banguê

O documentário “As Cores da Serpente” entra, nesta quinta-feira (16), na programação do Cine Banguê, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). A produção da Angola/Brasil tem direção de Juca Badaró e traz um registro afetivo sobre a história do Coletivo Murais da Leba, a maior intervenção de grafite da África, procurando entender as motivações dos artistas participantes. Já a produção ‘Inferninho’, que teve pré-estreia na quinta-feira passada, passa a fazer parte da programação. Além das duas estreias, quatro longas da semana anterior permanecem em cartaz: ‘Mormaço’, ‘O Último Trago’, ‘Los silencios’ e ‘Fevereiros’. Os ingressos do Cine Banguê custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

As Cores da Serpente é gravado na Serra da Leba, composta pela província de Huila e Namibe, tem um histórico de 30 anos vividos em guerra. Buscando se relacionar com sua tradição e ancestralidade, um grupo de artistas angolanos busca pintar os mais de seis mil metros quadrados dos paredões que envolvem a região. A classificação indicativa é 12 anos e o documentário tem duração de 1h11min.

A outra estreia, ‘Inferninho’ é uma produção brasileira de 2018 com 1h22min de duração. O drama dirigido por Guto Parente e Pedro Diógenes conta a história de Deusimar, a dona do Inferninho, bar que é um refúgio de sonhos e fantasias. Ela quer deixar tudo para trás e ir embora para um lugar distante. Jarbas, o marinheiro que acaba de chegar, sonha em ancorar e fincar raízes. O amor que nasce entre os dois vai transformar por completo o cotidiano do bar. No elenco estão Yuri Yamamoto, Demick Lopes, Samya de Lavor, Rafael Martins, Tatiana Amorim, Paulo Ess, Galba Nogueira, Pedro Domingues, Gustavo Lopes.

Assista ao trailer:



Filmes que continuam em cartaz no Cine Banguê

Também documentário, ‘Fevereiros’ destaca Maria Bethânia. Esse filme foi responsável por registrar a vitória da escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira em 2016, que teve um enredo homenageando a cantora baiana. Além de filmar a escola e os preparativos do barracão, a produção ainda acompanhou a cantora nas festas da Nossa Senhora da Purificação, na Bahia.

‘Los silencios’ é uma produção entre Brasil, Colômbia e França. Esse trabalho foi um dos destaques do Festival Sesc Melhores Filmes, em São Paulo. A sinopse é a seguinte: Amparo (Marleyda Soto) é mãe de dois filhos pequenos e está fugindo dos conflitos armados da Colômbia. Na tríplice fronteira do país com o Peru e o Brasil, ela e os meninos se abrigam em uma pequena ilha com casas de palafita no Rio Amazonas. No local, eles encontram o pai (Enrique Diaz), que supostamente estava morto.

Já o filme brasileiro ‘Mormaço’ é uma ficção dirigida por Marina Meliande. A produção é ambientada no Rio de Janeiro, no ano de 2016. O verão mais quente da história. A cidade está se preparando para os Jogos Olímpicos. Ana, uma defensora pública de 32 anos, trabalha na defesa de uma comunidade ameaçada de remoção pelas obras do Parque Olímpico. Enquanto isso, misteriosas manchas roxas, similares a fungos, aparecem em seu corpo. Coisas estranhas começam a acontecer na cidade e no corpo de Ana. A temperatura sobe, criando uma atmosfera úmida e sufocante. O mormaço acumula, abrindo caminho para uma forte chuva. No elenco estão Marina Provenzzano, Pedro Gracindo, Diego de Abreu, Analu Prestes, Igor Angelkorte, Sandra Souza, Jéssica Barbosa.

‘O Último Trago’ é um drama brasileiro dirigido por Luiz Pretti, Pedro Diógenes e Ricardo Pretti. O filme mostra uma mulher resgatada à beira da estrada incorpora o espírito de uma guerreira indígena desencadeando uma série de eventos que atravessam os tempos e os espaços. Do sertão nordestino ao litoral, séculos de lutas de dominação e resistência.

 

*Secom Paraíba

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Cine Bangüe exibe filmes independentes com ingressos em conta

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Confira quais são as atrações musicais do 2° Festival de Música da PB

Com 30 canções selecionadas para esta segunda edição, o 2º Festival de Música da PB terá eliminatórias nos dias 18 (Alagoa Grande) e 25 (Monteiro) deste mês, com finalíssima no dia 31 (João Pessoa). As três noites contarão com shows de encerramento gratuitos. Em Alagoa Grande, a apresentação será do grupo Soh Jackson, na frente do teatro Santa Ignez. Já em Monteiro, a atração será Totonho, na Praça João Pessoa. Silvério Pessoa cantará na capital paraibana, no Teatro de Arena da Funesc, trazendo o show ‘Cabeça feita: Silvério canta Jackson do Pandeiro’.

O 2° Festival de Música da PB é uma realização da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e também da Empresa Paraibana de Comunicação (através da Rádio Tabajara) e Secretaria de Estado da Comunicação. Em cada etapa, serão apresentadas 15 músicas. Serão pagos R$ 20 mil em prêmios, sendo R$ 10 mil para o primeiro colocado, R$ 5 mil para o segundo, R$ 3 mil para o terceiro e R$ 2 mil para melhor intérprete.

Na primeira edição, ano passado, 24 músicas foram selecionadas. Já nesta edição, 30. A curadoria foi feita por Gabriel Murilo (de Minas Gerais), Flávio Abreu (de São Paulo) e Eron Quintiliano (do Rio Grande do Sul). Chico Limeira foi o vencedor da primeira edição do festival (primeira colocação e Melhor Intérprete) com a canção Imprópria. Ano passado, o evento prestou homenagem a Zabé da Loca. Esta segunda edição homenageia o centenário de nascimento de Jackson do Pandeiro, o rei do ritmo.



A primeira eliminatória do 2° Festival e Música da PB será em Alagoa Grande, neste sábado (18), a partir das 20h. A ordem de apresentação já foi sorteada e será a seguinte: ‘Tudo o que a estrada dá (Daniela Rezende), ‘Carta pra Maria (Chico Limeira), ‘Um ser melhor’ (Myra), ‘Brasil Colômbia (Pedro Faissal), ‘Meus ideais’ (Mebiah), ‘No seu lugar’ (Lucas Barreto e Everton Avelino), ‘Vou danado pra Campina (Marcos Santos, com Yuri Carvalho como intérprete), ‘Diagnóstico’ (Fabio Smith e Roberto Araújo, com Nathalie de Lima como intérprete), ‘História de vida 2’ (pdr_poeta do rap), ‘Remendos’ (Ruanna Gonçalves), ‘Baile de pandeiro’ (Xisto Medeiros e Acilino Madeira), ‘Um coco pra Jackson’ (Miguel Monteiro), ‘Tia Ciata (Nara Santos), ‘Para além de paracetamóis’  (Titá Moura) e ‘Balançando a feira’ (Renan Rezende).

Já a segunda eliminatória, na cidade de Monteiro, dia 25, terá a seguinte ordem de apresentação: ‘Terra à vista’ (Yanca Medeiros), ‘Pandeiro’ (Yuri Gonzaga, Zé Neto e Carlos Henrique), ‘Maldito’ (Caique Ferreira), ‘A vida é sonho’ (Jéssica Melo / Ari Rodrigues), ‘Varal de bem querer’ (Amorim), ‘Canto protetor’ (Tiago Sotero), ‘Meu recado’ (Wagner Malta), ‘Apneia (Cerebraz), ‘Calamidade’ (Willames Diniz), ‘Florescer’ (Tathy Martins), ‘Brados do guerreiro’ (Alberto Batista), ‘O que vale?’ (Nelson Nunes Farias), ‘Descoberta’ (Lucas Gaião), ‘Nordeste imenso’ (Raabe Catarine) e ‘Clareou’ (Jeann Bin).

 

Músicas e ‘causos’ de Jackson do Pandeiro

Soh-Jackson-Divulgação-2
Foto: Divulgação

O grupo Soh Jackson mostrará um show com sucessos de Jackson do Pandeiro (homenageado nesta edição do Festival), também contando alguns ‘causos’ da trajetória do ‘rei do ritmo’. A banda é formada por Ely Porto (voz e zabumba), Betinho Lucena (percussão), Lue Maia (percussão) e Lucas Carvalho (sanfona). E não é de hoje que Ely Porto faz questão de homenagear Jackson do Pandeiro. Idealizador do Festival 99 é quase 100, que aconteceu no final de agosto de 2018.

 

Samba Luzia Gorda

Totonho-foto-de-arquivo
Foto: Divulgação

Totonho é referência da música alternativa brasileira desde 2001, quando foi lançado pela Gravadora Trama. É um cantor e compositor natural de Monteiro (no Cariri da Paraíba), cidade conhecida como terra dos repentistas, universo que dá forma à dinâmica sensorial proposta pela estética de sua música. Já lançou quatro trabalhos autorais: ‘Totonho & Os Cabras’, ‘Sabotador de satélites’, ‘Coco ostentação’ e, recentemente, ‘Samba Luzia Gorda’, pela YB Music.

Dono de um estilo próprio de compor, que segundo ele o faz como se fosse um repente. A partir de um tema, e o som que a palavra desperta nele. Só veio gravar o primeiro CD aos 35 anos de idade, antes atuava em ONG ligadas aos Direitos Humanos no Rio de janeiro (RJ). Uma organização de prevenção e combate ao assassinato de crianças e jovens moradores de rua. Neste 2º Festival de Música da Paraíba, Totonho fará o show de encerramento na cidade de Monteiro.

 

Silvério Pessoa

silverio-pessoa
Foto: Divulgação

O cantor e compositor pernambucano Silvério Pessoa, atualmente, está divulgando o ‘Cabeça feita – Silvério canta Jackson do Pandeiro’, um CD – obviamente – em homenagem ao ‘rei do ritmo’, como parte das comemorações do centenário de nascimento do paraibano de Alagoa Grande. Um disco com 22 músicas em 15 faixas gravadas em estúdio no formato ao vivo, com todos os músicos juntos.

Seu trabalho anterior foi o CD ‘No grau’, formado por canções inéditas, composições próprias e parceiros, além de participações como Maciel Melo, Fernando Aniteli (O Teatro Mágico), Crônica (SP), Flávio Guimarães (RJ), Sérgio Campelo (Sa Grama) e Júnior Areia (Mundo Livre S/A). Centenário de Jackson do Pandeiro começou a ser destacado por Silvério já no disco ‘Cabeça feita, ano passado.

No Janeiro de Grandes Espetáculos deste ano, Silvério lançou um show inédito sobre Jackson, o Sarau de Jackson do Pandeiro, com uma formação inusitada ao lado dos músicos Renato Bandeira (cordas) e Alexandre Rodrigues (sopros).

 

*Secom Paraíba

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Orquestra Infantil da Paraíba realiza concerto em homenagem às mães

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Orquestra Infantil da Paraíba realiza concerto em homenagem às mães

As crianças da Orquestra Infantil do Estado da Paraíba (OIEPB) se reúnem neste sábado (18) para um concerto comemorativo ao Dia das Mães, sob a regência do maestro Marcelo Vasconcelos, com entrada gratuita. A apresentação começa às 16h, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa, com músicas clássicas e populares.

“Adagio”, obra do compositor barroco italiano Tomaso Albinoni, vai abrir o concerto. Em seguida, os jovens músicos vão executar a modinha “Lua Branca”, uma das mais conhecidas composições da instrumentista e maestrina brasileira, nascida no Rio de Janeiro, Chiquinha Gonzaga.

A música do compositor e bandoneonista argentino, Astor Piazzolla, vai estar presente na apresentação, com a execução de “Soledad”. A música popular brasileira também marca presença, com “Foi Deus quem fez você”, composição do paraibano Luiz Ramalho.

Para encerrar o concerto em homenagem às mães, será executada a obra “Hino ao Imperador”, de autoria de um dos mais importantes compositores do período clássico, o austríaco Joseph Haydn. As quatro últimas composições têm arranjo da maestrina Norma Romano, que esteve à frente da Orquestra Infantil da Paraíba durante 28 anos.



“Chiquinha Gonzaga foi a primeira compositora mulher do Brasil e também a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil”, destacou o maestro Marcelo Vasconcelos. “Além disso, ela também foi mãe e, de uma forma geral, o repertório deste concerto foi pensado com o objetivo de homenagear as mulheres e as mães. O “Adagio” é uma homenagem póstuma a dona Norma, assim como “Soledad”, de Piazzolla, por ser argentino como ela”, destacou.

A maestrina Norma Romano coordenou a OIEPB desde a sua fundação, pela professora Izabel Burity, em 1986, até 2014, aperfeiçoando e popularizando o ensino da música com crianças, dando uma sólida formação orquestral para aqueles que desejassem continuar a carreira de músico. Atualmente, a orquestra é coordenada pelo regente Marcelo Vasconcelos, tendo Deyse Firmino como regente da iniciação orquestral e Gustavo Gines de Paco como professor auxiliar dos sopros, que seguem o legado deixado por Norma Romano, divulgando um repertório sinfônico universal, enfatizando a interpretação da música brasileira e, em especial, da nordestina.

A Orquestrinha, como é conhecida, se destaca como um dos poucos grupos infantis do gênero existentes na América Latina. É um bem cultural que faz parte da Orquestra Sinfônica da Paraíba, visando à formação cultural e social da criança e do adolescente por meio da prática instrumental.

 

Serviço:

Orquestra Infantil da Paraíba – Concerto comemorativo ao Dia das Mães

Regente: Marcelo Vasconcelos

Dia: 18/05/2019 (sábado)

Hora: 16h

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, João Pessoa

Ingresso: Gratuito

 

Secom Paraíba

Foto destaque: Divulgação

 

 

Leia mais: Espaço Mundo: MPB, Jazz e Blues neste fim de semana

 

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3