Como separar ambientes integrados com suavidade

Quem já assistiu ao programa da Discovery H&H Irmãos à Obra, dos gêmeos que reformam casas, já ouviu falar de “conceito aberto”. O tipo de decoração que é febre nos Estados Unidos ganhou adeptos no mundo todo. Principalmente a chamada “cozinha americana”, aquela que é integrada com a sala, divididas apenas por um balcão. Os ambientes integrados não são uma invenção americana. Tradicionalmente, casas japonesas e escandinavas já misturam os cômodos.

Para delimitar cuidadosamente os ambientes integrados, temos algumas opções pra te ajudar nessa missão. Se o cômodo é grande e vai abrigar dois ambientes, é interessante que a transição de um para o outro seja sutil. Não podemos perder a amplidão do espaço, não é mesmo? Por isso, nada de obstáculos muito grandes e sólidos no meio deles.



foto1-1

Os biombos e cobogós, por exemplo, fazem uma divisão sem impedir completamente a visão do outro espaço. Conservam pelo menos parte da iluminação e da ventilação. Os biombos podem ser móveis, uma mão na roda pra casas e apartamentos alugados. Já os cobogós são aqueles bloquinhos vazados sentados como tijolos formando paredes decorativas.

O próprio balcão ou ilha da cozinha já serve como elemento divisório. Dê um toque de protagonismo nele com uma cor diferente, por exemplo, e pronto! Outra opção bem bacana é colocar uma estante entre um ambiente e outro. Os objetos podem ser dispostos virados para a sala ou para a cozinha, dando um ar descolado.



foto2-1

Em cômodos menores, evite móveis altos como divisórias. Isso poderia deixar o espaço ainda menor e sufocante. É melhor colocar o sofá como limite entre os ambientes integrados. Caso incomode as costas do sofá aparecendo, use um aparador da altura do sofá – vai ficar um charme só!

 

Leia mais Como usar a técnica Feng Shui no quarto

 

Por Larissa Rodrigues: desenhista do @be.my.type, internacionalista e mestranda de Relações Internacionais da UEPB. Adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Como fazer um bullet journal , a agenda que mudou a organização pessoal

A técnica do Bullet Journal está cada vez mais popular e vem mudando a forma de muita gente se organizar. Ela foi criada pelo designer Ryder Carroll, que percebeu que muitos profissionais de tecnologia, inclusive ele, estavam cada vez mais voltando a usar papel para se planejar e anotar os afazeres. Assim, ele desenvolveu e compartilhou na internet um método de organização chamado bullet jornal, que rapidamente ganhou adeptos pelo mundo todo. (Você pode conferir mais informações no site dele)

 

Mas como fazer um bullet journal?

A ideia é bem simples, basta pegar qualquer caderno que você tenha em casa e anotar o dia e, embaixo, os seus afazeres. Ryder sugere o uso de ícones, que representam o tipo de tarefa ou estágio em que ela se encontra (concluído, adiado etc). Na técnica dele, é usada uma bolinha para compromissos, caixinha de “check” para tarefas e um hífen para informações importantes. No caso de compromissos que sejam uma prioridade, ele sugere o uso de um asterisco, e para aquilo que você tem que prestar atenção um ponto de exclamação. Você ainda vai usar um ✔ de “check” quando a tarefa for concluída, uma flecha para a direita quando se for adiada e um X se for cancelada.

key
Foto: blog Vida Organizada

A grande vantagem do bullet journal é que ele pode ser moldado de acordo com a sua necessidade. Você pode mudar os ícones de acordo com a sua vontade, usar um sistema de cores, acrescentar outras páginas para ajudar na organização de finanças, planejamento mensal, controle de hábitos… as possibilidades são infinitas!

O método original sugere algumas seções básicas, como um índice orgânico que vai sendo preenchido à medida que você cria as páginas do bullet journal, as páginas do mês, que servem para adicionar os compromissos mais importantes, as páginas diárias, com afazeres, e um log do futuro, com compromissos dos próximos meses.

index

future-log

 

Mas, claro, você pode criar outras sessões para organizar suas leituras, os filmes que quer assistir, metas e objetivos, checklists, diário da gratidão. São inúmeras formas de organizar cada parte da sua vida. No nosso perfil do Pinterest temos uma pasta com mais de 60 ideias para o seu bullet journal, clique aqui para conferir!

 

Confira também alguns vídeos que produzimos sobre bullet journal para o nosso canal de Youtube. Aproveita para se inscrever!

 

Leia mais: Planner 2018 para download gratuito!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

5 itens essenciais para deixar a sua casa organizada!

Manter a casa organizada é um dos problemas mais constantes da vida adulta, afinal, há sempre uma coisa ou outra fora do lugar. E com a correria do dia a dia, é difícil encontrar tempo para manter tudo nos devidos lugares, sem nenhuma bagunça por aí. Mas há diversos truques que podem nos ajudar a manter o ambiente mais arrumado, e um deles é usar os objetos a seu favor. Por isso, listamos 5 itens essenciais para deixar a sua casa organizada, como você sempre sonhou!

 

Sapateira

sapateira

Já chega de encontrar sapatos jogados pela casa toda! Esse com certeza é um problema na organização de muitas casas, pois grande parte das pessoas não pensa na organização dos sapatos. Ter uma sapateira ajuda muito, pois além de otimizar espaços, já que você pode optar por uma versão vertical, que fica pendurada na parede ou no guarda-roupas, ainda deixa tudo mais arrumado.

 

Divisórias de gavetas

gavetas

Quem nunca abriu uma gaveta da cozinha ou do guarda-roupas e ficou um tempão procurando um item, devido à bagunça que estava lá dentro? As gavetas muitas vezes ficam desorganizadas quando colocamos muitos objetos pequenos nelas, mas uma boa solução para isso é usar divisórias. A boa notícia é que não é preciso gastar dinheiro com isso, pois você pode usar caixas, potes reciclados de sorvete ou manteiga, ou mesmo fazer as divisórias de papelão. Depois disso, com certeza as suas gavetas nunca mais serão as mesmas!




Organizadores para o escritório

escrivaninha

Para deixar a sua mesa de escritório mais arrumada, nada melhor do que recorrer aos organizadores. Mas não é preciso comprar tudo, afinal você pode usar uma caneca para guardar os lápis, um pratinho bonito para colocar clips e bloquinhos de anotação. Enfim, é só deixar a criatividade rolar! Com certeza seus momentos de trabalho serão mais produtivos com uma mesa organizada.

 

Potes de vidro

potes-de-vidro

Uma boa solução para manter a cozinha mais organizada e bonita é usar potes de vidro etiquetados para guardar alimentos e temperos. Afinal, aquele monte de sacos de feijão, macarrão, arroz etc não é nada bonito e pode facilitar a entrada de insetos na comida.




Caixas organizadoras

caixas-organizadoras

Para evitar que a sua despensa vire um caos, que tal recorrer a caixas organizadoras para separar os alimentos por categoria? Com certeza tudo ficará bem mais fácil de encontrar. O mesmo vale para a lavanderia ou mesmo os armários de roupas e objetos pessoais!

 

Leia mais – Como usar quadrinhos na decoração da casa

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3




Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Manual definitivo: dicas para morar sozinho sem falir!

Morar sozinho é o sonho de muita gente. O problema é que essa ideia pode parecer bem distante e impossível se não empenharmos tempo, dinheiro e muita organização para torna-la realidade. E para ajudar nessa empreitada, selecionamos algumas dicas para morar sozinho, garantindo que você não vai falir ou voltar para a casa dos seus pais depois de alguns meses com “o rabinho entre as pernas”.

 

Saiba quanto vai custar e organize-se!

Não adianta achar que do dia pra noite você vai juntar suas coisas e sair de casa. Na vida adulta, não é assim que as coisas funcionam! Então, o primeiro passo para morar sozinho é fazer um orçamento de quanto isso vai custar. Inclua todos os gastos, desde o aluguel, compra dos móveis e eletrodomésticos (caso precise), contas fixas a pagar mensalmente, alimentação e, claro, não esqueça dos custos da mudança, como o transporte. Colocou tudo na ponta do lápis? Pronto, então agora é hora de organizar o quanto é preciso poupar mensalmente e em quanto tempo você vai conseguir juntar toda a grana necessária. Assim vai ser tudo mais tranquilo e com menos chances de dar errado.




Comece desde agora!

cozinhar

Vai demorar mais do que você imaginava para juntar essa grana? Não se desespere! Há várias coisas que você pode começar a fazer desde já e vão te deixar muito mais próximo do seu sonho. Por exemplo, que tal começar a aprender a cozinhar? Peça dicas a alguém próximo e vá treinando no seu dia a dia, pois isso vai te ajudar muito quando estiver morando sozinho. Obrigações domésticas como lavar roupas, organizar a casa etc também são essenciais. Se você aprender tudo antes, a chance de passar por perrengues é bem menor!

 

Tenha uma reserva de emergência

Muita gente não pensa nisso, mas uma reserva de emergência é algo essencial na vida de quem vai morar sozinho. Afinal, imprevistos acontecem, não é mesmo? E você não quer ficar na mão por que não tem um tostão no bolso para pagar o conserto da sua geladeira que quebrou, por exemplo. Pense no que pode dar errado e guarde uma grana para ser usada apenas em casos de emergência! O ideal é juntar o valor referente a seis meses dos seus gastos mensais (incluindo aluguel), pois caso você seja demitido, por exemplo, vai ter como viver um tempo com mais tranquilidade até conseguir se estabilizar novamente.




Você não precisa ter uma casa saída diretamente do Pinterest

pinterest

Eu sei que muita gente pensa em decorar o seu cantinho do jeito que sempre sonhou, usando todas aquelas referências que passou anos salvando em uma pasta do Pinterest. E se você quer isso, corra atrás! Mas isso não significa que precisa comprar tudo de uma vez só. Você pode investir só nos itens essenciais para o funcionamento da casa antes de se mudar, e ir comprando os artigos de decoração depois de já estar morando lá. Paciência é a chave do sucesso, então não adianta “dar o passo maior que a perna” e acabar se endividando só para ter aquela luminária que você tanto sonha, por exemplo.

 

Leia mais – Finanças pessoais: como economizar para realizar os seus sonhos




Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Faça você mesmo: como montar sua própria horta em casa!

Para quem vive em apartamento, ou mesmo em casas que não têm jardim, fazer uma horta pode parecer uma tarefa difícil. Mas com planejamento e algumas ideias simples, é possível adaptar a ideia para diversos tipos de ambiente e espaço. Então vem com a gente que hoje trouxemos dicas de como montar a sua própria horta em casa!

 

Leia mais – DIY: 5 objetos de decoração baratinhos que qualquer pessoa consegue fazer

 

Use objetos que você já tem em casa!

já-tem-em-casa

Não há porque gastar muito na hora de montar sua horta em casa. É possível fazer uma composição linda usando objetos que você já tem, como garrafas pet, potes de conserva ou latas. É só usar a imaginação e deixar tudo do seu jeito!



Aproveite os espaços

suspenso

Não é necessário um ambiente muito grande para fazer sua horta em casa. Uma parede vazia na varanda do apartamento já é suficiente! Você pode fazer uma horta vertical, que fica linda e não ocupa quase nenhum espaço.

 

Use a criatividade!

criatividade

Deixe a criatividade te levar! Na hora de montar a sua horta em casa, você pode usar vários recursos simples para deixa-la ainda mais linda, como por exemplo pintar a parede com tinta de quadro negro. Assim você consegue escrever com giz os nomes dos temperos. Além de prático, dá um charme todo especial ao ambiente!

 



Ficou a fim de montar sua própria horta em casa? Então confere esses dois vídeos do canal Diycore, com ideias lindas e bem fáceis de reproduzir em casa:

 

 



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Organização : tour pelo Bullet Journal + Plan with me

Érica Rodrigues

 

Depois de muito tempo, finalmente aderi à técnica do Bullet Journal. Após assistir quase todos os vídeos sobre o tema disponíveis no Youtube, resolvi gravar um tour pelo meu caderno, mostrando como me organizo e montando o layout de uma semana com vocês. Confere o vídeo:



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

6 canais do Youtube pra organizar as finanças pessoais

Larissa Rodrigues*

 

Que o mar não está para peixe, isso todo mundo sabe. Já não dá mais pra ficar com aquele dinheirinho de bobeira na carteira, pra tomar um cafezinho aqui, comprar uma “brusinha” ali… Tem que botar tudo na ponta do lápis, porque a gente vai dormir e quando acorda, as coisas já estão mais caras. É o gás que aumentou, a gasolina subiu também, a energia… Organizar as finanças pessoais é uma questão de sobrevivência, meu povo!

 

moedas

 

Mas olha, se organizar financeiramente vai além de comprar um porquinho, viu? Falando em poupar, onde você guarda seu dinheiro? Na poupança??? Me ajuda a te ajudar, pessoa! A poupança não é o melhor jeito de fazer o seu dinheiro render, faz tempo. Por isso, selecionamos seis canais de Youtube que ensinam até os compradores mais impulsivos a controlar seus instintos capitalistas selvagens.

Compre um escorpião pra guardar no bolso e chamar de seu, e vem ver o que essa galera tem pra mostrar!

 

Me poupe!

Nathalia Arcuri é jornalista, mas largou o emprego pra se dedicar exclusivamente ao blog e ao canal de Youtube “Me Poupe!”. Com muito bom humor, ela explica todos esses palavreados difíceis de economia e dá dicas de finanças pessoais.

 

 

Mais Rico | Finanças Pessoais

A Mirian Takaki fala sobre os segredinhos da organização financeira. Afinal, vale mesmo a pena o que dizem por ai que é vantagem?

 



 

Finanças Femininas

Empoderamento feminino através de solidez financeira! Carolina Ruhman Sandler explica de um jeito fácil tudo o que rola nesse mundo.

 

 

O Primo Rico

Thiago Nigro ensina como enriquecer, ou pelo menos como não manter hábitos que vão te empobrecer.

 



 

Maiara Xavier

Ela conta tudo sobre como sair das dívidas e ter mais controle pra não viver no sufoco!

 

 

Economirna

A Mirna Borges é coach de finanças e educadora financeira. O canal dela tem um super conteúdo de qualidade sobre essa área, com toda a credibilidade de quem estudou muito.

 



 

Larissa Rodrigues é desenhista do @be.my.type, internacionalista, mestranda de Relações Internacionais da UEPB, que adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3