Cinema: 4 documentários para ver na Netflix

 

Tirar um tempinho para assistir Netflix é quase uma obrigação. Mas o que muita gente ignora é que por lá também há documentários sensacionais. Separamos quatro docs que moram em nossos corações para vocês poderem se divertir e ainda ficar por dentro de vários assuntos superinteressantes!

 

Chef’s Table

chefs-table2

Esta produção da Netflix traz em cada episódio um nome notável da cena culinária, abrindo a cozinha para dividir sua história e filosofia. Destaque para os episódios incríveis sobre Alex Atala e Massimo Bottura. A série mostra a culinária de uma forma muito bonita, com imagens lindas de pratos sendo preparados, além de ótimas narrativas.

chef-_pds_013_h



The Royals

the-royals

Quem não ama a realeza britânica, atire a primeira pedra! The Royals é o delírio de qualquer fã de The Crown, pois documenta várias etapas da vida da família real: nascimentos, casamentos, funerais, adolescência… dá pra ficar por dentro de tudo!

familia-real



Iris

iris-2

A vida de Iris Apfel, ícone lendário da moda ainda ativa aos 95 anos, contada sob a visão do premiado documentarista Albert Maysles. Quem gosta de moda não pode deixar de ver!

iris-netflix



Cowspiracy

cowspiracy

O documentário, produzido por Leonardo DiCaprio, fala sobre o aquecimento global com uma abordagem diferente. No filme é questionando o porquê de serem omitidos dados que mostram a pecuária como a indústria que mais destrói o meio ambiente.

Cowspiracy-net

*Este post foi produzido baseado no catálogo da Netflix em 31 de agosto de 2017 e atualizado em 28 de fevereioro de 2018.



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

TAG: SÉRIES!

Érica Rodrigues

E aí, galera? Hoje resolvi falar de um assunto que eu ainda não tinha abordado aqui no blog, porém amo: séries! Vi essa Tag no canal de Karol Pinheiro e fiquei com muita vontade de responder, pra poder indicar algumas das séries que mais amo pra vocês.

 

Seguem as perguntas:
1- Qual é sua série favorita de todos os tempos?

2- Qual é o seu personagem preferido de todos os tempos?

3- Cite uma série que você viciou?

4- Cite um personagem que você tem algo em comum.

5- Cite uma série que todo mundo gostou (ou gosta) e você não.

6- Qual sua série favorita dos últimos tempos?

7- Cite um protagonista que você não gosta, mas curte a série.

8- Você assiste (assistia) alguma série brasileira?

 

Se você não conseguiu entender o nome de alguma série, coloquei todas as respostas na descrição do vídeo lá no canal do Youtube. Aproveita pra se inscrever por lá e não perder nada!

 

Filmes ganhadores do Oscar para ver na Netflix

Com o Oscar se aproximando, resolvemos indicar quatro filmesshow?id=vsXS*qH1P8o&bids=397418 que foram vencedores do prêmio e estão disponíveis na Netflix, para já irmos entrando no clima da premiação. Confere a lista!

 

Leia mais sobre cinema clicando aqui!

 

  • 12 Anos de Escravidão (2013), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado

12-anos-de-escravidão

Em 1841, Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto que vive em paz com a família. Um dia, após aceitar trabalho em outra cidade, ele é preso, acorrentado e vendido como escravo. Ao longo dos doze anos que vive como escravo, é obrigado a suportar humilhações e maus tratos para sobreviver. O filme é uma representação forte da escravidão nos Estados Unidos, com destaque para a atuação visceral de Lupita Nyong’o como Patsey.



  • Clube de Compras Dallas (2013), vencedor nas categorias de Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante e Cabelo e Maquiagem

clube-de-compas-Dallas

O eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) é diagnosticado com Aids, em 1986. Recusando-se a aceitar a sentença de que viveria apenas 30 dias, ele inicia uma luta com a indústria farmacêutica em busca de tratamentos alternativos. Em paralelo, é interessante assistir à mudança de conceitos do personagem, que acaba deixando sua homofobia de lado na amizade com o transexual Rayon, interpretado por Jared Leto.

 



  • Blue Jasmine (2013), vencedor na categoria de Melhor Atriz

Blue-Jasmine

Jasmine (Cate Blanchett) é uma milionária que acaba perdendo todo o seu dinheiro e é obrigada a ir morar com a irmã e os sobrinhos em uma modesta casa em São Francisco. Após o choque da mudança radical de vida, ela precisa encarar seus problemas e entender quem realmente é. A atuação de Cate Blanchett, vencedora do Oscar de Melhor Atriz é excepcional, em uma personagem complexa e que, para uma pessoa comum, pode parecer um pouco irreal.



  • O Discurso do Rei (2010), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Roteiro Original

o-discurso-do-rei

Em tempos de The Crown, O Discurso do Rei torna-se ainda mais interessante. O filme é baseado na biografia de Albert Windsor (Colin Firth), o Rei George VI, que sofreu de gagueira desde os 4 anos de idade. Com a renúncia do irmão mais velho ao trono da Inglaterra, Bertie torna-se rei e precisa enfrentar o pesadelo de fazer discursos, que se tornam muito penosos graças ao seu problema na fala. Após conhecer Lionel (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, o rei consegue não apenas controlar a gagueira, mas encontra um amigo.

Aproveite para ler a resenha do livro aqui!



 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!