Estreias da semana: suspense, terror e dois indicados ao Oscar

Estreiam hoje nos cinemas da Paraíba os longas “Lion – Uma Jornada Para Casa” (indicado ao Oscar em seis categorias), “Aliados” (indicado ao Oscar de Melhor Figurino), “John Wick – Um Novo dia para Matar” e o terror “A Cura”.

Confere as sinopses e os trailers pra ficar por dentro de tudo!

 

Se você vai assistir ao Oscar, segue a gente no Twitter! Vamos comentar tudo por lá!

 

Lion – Uma Jornada Para Casa

slide-8

Baseado no livro autobiográfico de Saroo Brierley, chamado A Long Way Home, o filme é estrelado por Dev Patel (Quem Quer ser um Milionário?), Nicole Kidman (Olhos da Justiça), David Wenham (300: Ascensão do Império) e Rooney Mara (Carol). O longa traz a jornada real de um menino indiano de 5 anos, que se perde nas ruas de Calcutá, a milhares de quilômetros de casa. Após sobreviver a diversos desafios, é adotado por um casal australiano. Vinte e cinco anos depois ele parte para uma nova jornada afim de encontrar sua família perdida. O drama é dirigido por Garth Davis (da série Top of the Lake).

 

 

 

Aliados

aliados

Em uma missão para eliminar um embaixador nazista em Casablanca, no Marrocos, os espiões Max Vatan (Brad Pitt) e Marianne Beausejour (Marion Cotillard) se apaixonam perdidamente e decidem se casar. Os problemas começam anos depois, com suspeitas sobre uma conexão entre Marianne e os alemães. Intrigado, Max decide investigar o passado da companheira e os dias de felicidade do casal vão por água abaixo.

 

 

 

John Wick – Um Novo dia para Matar

john-wick-2-posterjpg-fe1944_1280w

John Wick (Keanu Reeves) é forçado a deixar a aposentadoria mais uma vez por causa de uma promessa antiga e viaja para Roma, a Cidade Eterna, com o objetivo de ajudar um velho amigo a derrubar uma organização internacional secreta, perigosa e mortal de assassinos procurados em todo o mundo.

 

 

 

A Cura

a-cura

Um ambicioso executivo é enviado para os Alpes Suíços para resgatar o CEO de sua companhia de um ‘Centro de Cura’, mas logo descobre que o local não é tão inócuo quanto parece.

 

 

Para mais informações sobre sessões e horários, acesse:

João Pessoa

http://manairashopping.com/cinema/

http://www.cinepolis.com.br/programacao/

http://www.magshopping.com.br/cinema

Campina Grande

http://partagecampina.com.br/site/cinema/

Patos

http://www.guedesshopping.com.br/inicio

Guarabira

https://www.facebook.com/cinemaxxicidadeluz/

Filmes ganhadores do Oscar para ver na Netflix

Com o Oscar se aproximando, resolvemos indicar quatro filmesshow?id=vsXS*qH1P8o&bids=397418 que foram vencedores do prêmio e estão disponíveis na Netflix, para já irmos entrando no clima da premiação. Confere a lista!

 

Leia mais sobre cinema clicando aqui!

 

  • 12 Anos de Escravidão (2013), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado

12-anos-de-escravidão

Em 1841, Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto que vive em paz com a família. Um dia, após aceitar trabalho em outra cidade, ele é preso, acorrentado e vendido como escravo. Ao longo dos doze anos que vive como escravo, é obrigado a suportar humilhações e maus tratos para sobreviver. O filme é uma representação forte da escravidão nos Estados Unidos, com destaque para a atuação visceral de Lupita Nyong’o como Patsey.



  • Clube de Compras Dallas (2013), vencedor nas categorias de Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante e Cabelo e Maquiagem

clube-de-compas-Dallas

O eletricista texano Ron Woodroof (Matthew McConaughey) é diagnosticado com Aids, em 1986. Recusando-se a aceitar a sentença de que viveria apenas 30 dias, ele inicia uma luta com a indústria farmacêutica em busca de tratamentos alternativos. Em paralelo, é interessante assistir à mudança de conceitos do personagem, que acaba deixando sua homofobia de lado na amizade com o transexual Rayon, interpretado por Jared Leto.

 



  • Blue Jasmine (2013), vencedor na categoria de Melhor Atriz

Blue-Jasmine

Jasmine (Cate Blanchett) é uma milionária que acaba perdendo todo o seu dinheiro e é obrigada a ir morar com a irmã e os sobrinhos em uma modesta casa em São Francisco. Após o choque da mudança radical de vida, ela precisa encarar seus problemas e entender quem realmente é. A atuação de Cate Blanchett, vencedora do Oscar de Melhor Atriz é excepcional, em uma personagem complexa e que, para uma pessoa comum, pode parecer um pouco irreal.



  • O Discurso do Rei (2010), vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Roteiro Original

o-discurso-do-rei

Em tempos de The Crown, O Discurso do Rei torna-se ainda mais interessante. O filme é baseado na biografia de Albert Windsor (Colin Firth), o Rei George VI, que sofreu de gagueira desde os 4 anos de idade. Com a renúncia do irmão mais velho ao trono da Inglaterra, Bertie torna-se rei e precisa enfrentar o pesadelo de fazer discursos, que se tornam muito penosos graças ao seu problema na fala. Após conhecer Lionel (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, o rei consegue não apenas controlar a gagueira, mas encontra um amigo.

Aproveite para ler a resenha do livro aqui!



 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!