Gitana Pimentel se apresenta neste sábado no Forró na Feira

Resgatando obras de nomes consagrados do forró, a cantora Gitana Pimentel, se apresenta neste sábado (17), no projeto Forró na Feira. O evento é realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), em parceria com o Fórum Forró de Raiz.



A cantora Gitana Pimentel, que é da cidade de Campina Grande, tem 10 anos de carreira solo e já passou por vários gêneros musicais, especialmente o samba e o forró, com os quais tem conquistado espaço e reconhecimento do público.
Na apresentação, a cantora trará um regaste a conhecidos nomes do forró, como Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Assisão, Amelinha, Antonio Barros e Cecéu, Accioly Neto, Petrúcio Amorim, Nando Cordel, Pinto do Acordeon, Flávio José, entre outros.



“Estou muito animada e curiosa, já toquei em vários eventos como Sabadinho Bom, Pólvora Cultural, mas ainda não conheço o Forró na Feira. Vai ser maravilhoso fazer essa estréia e poder recordar um pouquinho do nosso São João’’, comentou Gitana Pimentel. O show acontecerá na Feirinha de Tambaú, a partir das 19h30, com entrada gratuita.

Forró na Feira – O projeto foi lançado no final de 2017 e leva atrações gratuitas para a população na Feirinha de Tambaú, incentivando o trabalho de artistas locais e fomentando a cultura regional. É também uma atração para turistas que visitam a Capital.

Dayana Nóbrega / Foto: Divulgação

Leia também: Rainha Elizabeth encontra Donald Trump em ‘Corgi: Top Dog’



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Gitana Pimentel abre o Pólvora Cultural Especial de São João

Durante o mês de junho o Pólvora Cultural será voltado para homenagens aos grandes nomes da música nordestina. A primeira atração é a cantora Gitana Pimentel, que se apresenta neste domingo (3), a partir das 16h, com um tributo a Antônio Barros e Cecéu.

Gitana Pimentel é apaixonada pela obra de Antônio Barros e Cecéu e tem em seu repertório várias músicas da dupla. Para este domingo, ela preparou um show com canções conhecidas, como ‘Proibido cochilar’, ‘Amor com café’, ‘Homem com H’, ‘Por debaixo dos panos’, ‘Bate coração’, ‘Procurando tu’, ‘Sou o estopim’, e ‘Não lhe solto mais’, dentre outros sucessos dos compositores paraibanos.

banda-de-gitana

Segundo Gitana, preparar um show em homenagem ao casal de compositores paraibanos foi algo que deu prazer. “Interpretar Antônio Barros e Cecéu vai ser fácil e prazeroso! Eu sou muito fã dos dois, boa parte do meu repertório é composta por canções deles. Tenho certeza que todos vão gostar, afinal, essa dupla tem o maior número de sucessos gravados por grandes nomes da nossa música”, disse.



A cantora destacou ainda a iniciativa de fazer um tributo aos grandes nomes da música nordestina. “Foi uma ideia muito feliz esta de homenagear nossos compositores em um evento tão bacana como o Pólvora Cultural, gratuito e que atrai um público interessante e apaixonado por cultura. Especialmente nessa época do ano, em que todos respiram, comem e vivem os festejos juninos com bastante intensidade”, elogiou.

Os homenageados – Antônio Barros e Cecéu se conheceram em 1971 e logo formaram uma parceria musical e no amor. Passaram a compor juntos e suas músicas gravadas por vários intérpretes, como Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Dominguinhos, Gilberto Gil, Alcione, Ivete Sangalo, Fagner, Gal Costa, MPB-4, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga e Marinês. São mais de 700 músicas gravadas em mais de 45 anos de carreira.

Leia também: O mês inteiro de “arraiá” em Caruaru

O projeto – O Pólvora Cultural faz parte do AnimaCentro, que tem como objetivo ocupar os espaços históricos revitalizados pela atual gestão com uma programação cultural diversificada em seis polos: Parque da Lagoa, Praça da Independência, Hotel Globo, Centro Cultural Casa da Pólvora, Casarão 34 e Praça Antenor Navarro. Este mês, o palco do Pólvora Cultural recebe ainda as cantoras Renata Arruda e Sandra Belê.

Secom/JP Juneldo Moraes



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Gitana Pimentel é a atração do Pólvora Cultural deste domingo

O Centro Cultural Casa da Pólvora recebe, neste domingo (10), a cantora paraibana Gitana Pimentel. Atração do Pólvora Cultural, ela se apresenta a partir das 16h.

Acompanhada por Cris Lima (sanfona), Sílvio Silva (violão), Jefferson Fagundes (cavaquinho), Crispim (percussão) e Kamilo Lima (bateria), Gitana vai mostrar um repertório com muito samba e forró, interpretando músicas de Noel Rosa, Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Jackson do Pandeiro, Antônio Barros e Cecéu, além de obras de outros compositores da música brasileira.

Leia também: Tramonto Wine Bar promove evento em João Pessoa com 3 grandes importadoras de vinhos

Para Gitana, o Pólvora Cultural é uma iniciativa importante para os artistas locais. “Acho incrível a ideia de ocupar os espaços históricos da cidade com arte. Esse projeto só acrescenta e enriquece a nossa cultura, valoriza o artista, promove encontros, dá um gás na produção local. Estou muito feliz por fazer parte disso”, disse a cantora, ressaltando que a apresentação deste domingo será um show com muita energia.




A artista – Gitana Pimentel foi finalista do Prêmio Multishow, em 2013, e já se apresentou em várias cidades da Paraíba e também em outros estados. Embora já tenha passeado por vários gêneros, é com o samba e o forró que ela tem conquistado espaço e reconhecimento do público. Lançou, em 2012, o show “Num Instante a Gafieira Virou um Forró”, no qual faz um resgate da obra de Rosil Cavalcanti.

Projeto – O Pólvora Cultural, que integra a programação do AnimaCentro, tem o objetivo de dar prosseguimento a política de ocupação ordenada e responsável do Centro Histórico, levando vida social e econômica para o local, e de expandir o mercado de trabalho para os artistas locais, que se apresentam todos os domingos no Centro Cultural Casa da Pólvora.

Fonte: Secom-JP / Juneldo Moraes

Adsence




Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3