Saiba o que rola na sua cidade!

Circo e espetáculo infantil são atrações no Centro Histórico da Capital

Circo e espetáculo infantil

O Centro Histórico de João Pessoa tornou-se um ponto de encontro das famílias, principalmente durante os finais de semana. A natureza misturada às atrações culturais são os motivos fundamentais para a volta dos pessoenses e turistas aos espaços públicos.

Após as revitalizações da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o público voltou a ocupar o Parque da Lagoa, a Praça da Independência, o Pavilhão do Chá, Galeria Casarão 34, a Praça Antenor Navarro, Hotel Globo e o Centro Cultural Casa da Pólvora.

Neste domingo (12), tem mais atrações de lazer para toda a família, principalmente para as crianças. Na Praça da Independência, a partir das 16h, o circo imaginário do palhaço Tel Pastel vai transformar o local num verdadeiro picadeiro. “É um show tradicional de palhaço, com brincadeiras, dublagens, mágica, malabarismo e muita interação com o público. Inclusive, as crianças podem vir fantasiadas que será uma festa incrível”, disse o artista.

Já no Parque da Lagoa Solon de Lucena, também tem espetáculo para toda a família. A partir das 16h, o Grupo de Teatro Engenho Imaginário apresenta a peça intitulada Estórias, dirigida por Guilherme Schulze e que, por meio da narração, mostra ao público romances da literatura oral nordestina. “Fizemos esse espetáculo na semana passada na Praça da Independência e o público adorou. Espero que no Parque da Lagoa as pessoas levem suas crianças para interagirem conosco”, afirmou a atriz Itamira Barbosa.

O espetáculo intitulado Estórias tem, como temática principal, o medo e as suas especificidades. As personagens das histórias narradas, inspiradas em quatro contos, todos considerados clássicos da tradição oral, são representações atuais que, apesar de, por um lado, refletir a cultura popular conservadora, é, também, contestadora, respeitando a diversidade, contribuindo, assim, para uma discussão sobre cidadania e etnia. Para isso, as histórias integrantes do texto se fundem através de um contraponto entre narração, música, ação e marcações coreográficas.

 

Fonte: Felipe Silveira/Secom-JP

Leia também: Onde encontrar opções de comida vegetariana em João Pessoa?



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

%d blogueiros gostam disto: