Jason Statham e o diretor Guy Ritchie retomam parceria nos cinemas

Conhecido por seus trabalhos em grandes sucessos do gênero de ação, como ‘Os Mercenários’, ‘Carga Explosiva’ e a franquia ‘Velozes e Furiosos’, Jason Statham está de volta aos cinemas em Infiltrado. Escrito e dirigido por Guy Ritchie, o filme marca o retorno da parceria do diretor com Statham após dezesseis anos. Os dois estrearam em 1998, com ‘Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes’, e realizaram outros dois trabalhos juntos, ‘Snatch: Porcos e Diamantes’, em 2000, e ‘Revólver’, em 2005. Infiltrado tem previsão de estreia nos cinemas nacionais apontada para maio de 2021 e a Imagem Filmes é a distribuidora responsável pelo lançamento.

Em entrevista ao Deadline, o produtor Bill Block revela estar animado com o lançamento de Infiltrado e afirma que esse reencontro de Guy Ritchie e Jason Statham certamente irá dar origem a um novo “clássico do gênero”. O ator Scott Eastwood também não escondeu sua empolgação com o projeto e aproveitou para revelar que é fã de longa data do diretor, que tem em seu currículo sucessos como ‘Sherlock Holmes’, ‘Aladdin’ e ‘Rei Arthur: A Lenda da Espada’. “Os filmes do Guy são icônicos e me sinto sortudo por ter tido a oportunidade de aprender com alguém tão talentoso. Também estou animado para trabalhar novamente com Jason Statham, que é um dos maiores astros da ação de todos os tempos”. Os dois atores já haviam trabalhado juntos no oitavo filme da franquia ‘Velozes e Furiosos’, que levou mais de 8 milhões de brasileiros aos cinemas em 2017.



No longa, Statham interpreta Harry, conhecido apenas como “H”, um homem misterioso que trabalha para a Fortico, empresa de carros-fortes, e movimenta grandes quantias de dinheiro pela cidade de Los Angeles semanalmente. Quando, ao impedir um assalto, ele surpreende os colegas de trabalho com suas habilidades de combate, suas verdadeiras intenções começam a ser questionadas. Além de Jason Statham, Post Malone e Scott Eastwood, Infiltrado conta ainda com Josh Hartnett (‘Penny Dreadful’), Jeffrey Donovan (‘Sicário: Dia do Soldado’), Holt McCallany (‘Mindhunter’), Laz Alonso (‘The Boys’) e Niamh Algar (‘Raised by Wolves’) no elenco.

Sinopse:
Harry (Jason Statham), conhecido apenas como “H”, é um homem misterioso que trabalha para uma empresa de carros-fortes e movimenta grandes quantias de dinheiro pela cidade de Los Angeles. Quando, ao impedir um assalto, ele surpreende a todos com suas habilidades de combate, suas verdadeiras intenções começam a ser questionadas e um plano maior é revelado.



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

#TBtdoRota: Seriado Love, da Netflix, e a idealização da vida adulta

Equipe Rota

Comecei a ver o seriado Love, original da Netflix, por indicação de Karol Pinheiro em seu canal de Youtube. A história é bem “normal”: Mickey, uma garota descolada, acaba se envolvendo com Gus, um cara nerd e caretão.

Mas o que me chamou atenção nessa série de verdade foi forma como a vida dos personagens é mostrada. Cheia de altos e baixos, com dias super legais e dias muito merda. Com escolhas boas e escolhas muito idiotas que acabam gerando um monte de problemas chatíssimos. Afinal, a vida adulta é bem isso, né?

Não há idealizações. Mickey, apesar de descolada e legal, é cheia de inseguranças e problemas. Mas quem não é? Gus, apesar de um cara ser um cara bacana, acaba pisando na bola. Isso gera uma empatia muito legal com as situações da trama.

love

Para quem gosta de moda, também vale a pena ficar de olho no figurino de Mickey, que é simplesmente incrível. A série é atual e explora muito bem as referências de moda e tecnologia. Inclusive achei maravilhosas as cenas com mensagens no celular. Quem não se identifica com passar o dia inteiro reescrevendo uma mensagem com medo de enviar? Atire a primeira pedra se você nunca fez isso!

Apesar de ser uma série de comédia bem leve, vale muito a pena ver e se identificar com esse casal super normal e muito legal.

 

Publicado em: 22 de maio de 2017 às 08:11

 

Leia mais: A sensacional “Atypical”, da Netflix, aborda o autismo com delicadeza e um toque de humor

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Dirigido por Miguel Falabella, Veneza ganha novo trailer oficial

Dirigido por Miguel Falabella, Veneza acaba de ganhar trailer oficial e nova data de lançamento. O aguardado longa, que teve sua estreia adiada por causa da pandemia, chegará aos cinemas em junho de 2021, com distribuição da Imagem Filmes.



No filme, a estrela espanhola Carmen Maura, musa do cineasta Pedro Almodóvar, interpreta Gringa, uma cafetina cega e obcecada pela ideia de conhecer a famosa “cidade flutuante” e reencontrar nas terras e águas italianas a grande paixão de sua vida. Dira Paes, Eduardo Moscovis, Carol Castro, Caio Manhente e Danielle Winits compõem o elenco principal de Veneza, que faz uma ode às mulheres latino-americanas, com participações da argentina Georgina Barbarossa, da uruguaia Camila Vives e da colombiana Carolina Virgüez.

O longa propõe reflexões sobre o significado de família e mostra o dia a dia do bordel de Gringa, onde, ao mesmo tempo em que lidam com frustrações, dificuldades e prazeres, as mulheres se unem para tentar, de alguma forma, realizar o último pedido daquela que as acolheu quando mais precisaram. Em tom de realismo fantástico, o filme é baseado na premiada peça teatral “Venecia”, do autor argentino Jorge Accame, adaptada pelo próprio Miguel para os palcos brasileiros no início dos anos 2000.



Produzido por Júlio Uchoa (Ananã Produções), coproduzido pela Globo Filmes e FM Produções e filmado em Montevidéu, no Uruguai, e em Veneza, na Itália, Veneza foi premiado com os Kikitos de melhor direção de arte (Tulé Peake) e melhor atriz coadjuvante (Carol Castro) no Festival de Gramado e recebeu quatro troféus no Los Angeles Brazilian Film Festival – melhor direção de fotografia (Gustavo Hadba), melhor ator (Eduardo Moscovis), melhor ator coadjuvante (André Mattos) e melhor atriz coadjuvante (Carol Castro), além de melhor roteiro (Miguel Falabella) no Brazilian Film Festival of Miami.



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Espetáculo sobre a Paixão de Cristo ganha versão online em cordel

Propagar a mensagem de fé e amor inspirada pela história de Jesus Cristo é a missão do Um Ensaio sobre a Paixão de Cristo. O espetáculo, assinado pelo Grupo de Teatro Anankê, será apresentado online – devido as circunstâncias do coronavírus – no dia 2 de abril, data em que se celebra a Sexta-Feira da Paixão. A transmissão acontece no canal da Cia no YouTube, em três horários: 15h,18h e 20h.



A narrativa do espetáculo, que se desenrola em formato de cordel, segundo o diretor da peça, Chicó Ferreira, é levar ao palco as ações de uma trupe de teatro que fará a contação dessa história, conhecida há mais de 2 mil anos. “O fio condutor deste espetáculo é a reunião de uma coletânea de textos baseados na obra de grandes cordelistas, e que foram reescritos pelos próprios integrantes do Grupo”, comenta.

Em destaque nessa peça estão as culturas das regiões Norte e Nordeste do país, compreendidas neste segmento literário, trazendo as cores e alegria de um povo que sabe lidar com as adversidades e dores do dia a dia com muita leveza. “Com este espetáculo reverenciamos a arte e fazemos uma homenagem a todos os artistas que, neste momento de pandemia, estão se reinventando sem perder sua própria essência”, destaca Chicó que dirige e atua neste espetáculo.



A ideia do projeto surgiu em virtude do cenário atual de pandemia, que impede a realização de espetáculos presenciais. Em razão disso, a proposta inicial, que previa o espetáculo Paixão de Cristo em Cordel – inspirado na peça Um Cordel de Natal, estreada em 2017 – foi adaptada em uma versão prévia do espetáculo, própria para o online, o Um Ensaio sobre a Paixão de Cristo. “Nossos esforços são para manter a arte viva, por isso, dentro das condições que o momento permite, conseguimos preparar um material que tem como objetivo disseminar o teatro popular para o maior número de pessoas, ou seja, teatro do povo para o povo”, completa.

O espetáculo Um Ensaio sobre a Paixão de Cristo será transmitido no dia 2 de abril, às 15h e às 18h, pelo canal do Youtube do Grupo Anankê, de forma gratuita. Porém, quem quiser contribuir com algum valor, que terá como destino ajudar a cobrir os custos da produção, poderá fazê-lo por meio do Chapéu online, batizado pelo grupo de CHAPIX, no número 15.372.888/0001-60.

Ficha Técnica
Direção: Chicó Ferreira l Elenco: André Almeida, Chicó Ferreira, Eluizio Félix, Flávio Cardoso, Gabriel Kitzmann, Gisele Campos, Leonardo Kayan e Marli Lopes l Técnica: Clélio Santos l Captação de vídeo: Moa Almeida e Vitor Gabriel l Edição de vídeo: Moa Almeida

O Grupo de Teatro Anankê nasceu em 2014 e conta com oito integrantes experientes, que atuam desde a década de 1990 individualmente, e que já encenaram inúmeros espetáculos e participaram de diversos festivais, entre eles: Virada Cultural Paulista, Mapa Cultural Paulista, Campanha de Popularização do Teatro de Campinas e Mostras Municipais em Indaiatuba (SP). Nessas participações, inclusive, foram premiados ao longo de suas carreiras em categorias como Melhor Atriz, Melhor Cenário, Melhor Figurino, entre outros.

SERVIÇO
Ensaio sobre a Paixão de Cristo
Data: 2 de abril
Horários: 15h | 18h I 20h
Local: Canal Youtube Grupo Anankê
Colaboração voluntária: Chapix 15.372.888/0001-60



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

#TBtdoRota: 6 filmes nacionais sobre política

Em tempos de crise política, nada melhor que o cinema para nos ajudar a entender como funciona o poder no país. Listamos seis filmes nacionais sobre política para refletir sobre vários aspectos do tema!

 

Terra em Transe

terra-em-transe

Um clássico de Glauber Rocha, mostra o senador Porfírio Diaz (Paulo Autran), que detesta seu povo e pretende tornar-se imperador de Eldorado, um país localizado na América do Sul. Porém existem diversos homens que querem este poder, que resolvem enfrentá-lo. Enquanto isso, o poeta e jornalista Paulo Martins (Jardel Filho), ao perceber as reais intenções de Diaz, muda de lado, abandonando seu antigo protetor.

O filme pode ser lido como uma sátira da política brasileira nos anos de 1960 a 1966, criticando os que fizeram parte desse processo, inclusive as várias correntes da esquerda.

 

 

Tropa de Elite 2

tropa-de-elite-2

Nascimento (Wagner Moura), agora coronel, foi afastado do BOPE por conta de uma malsucedida operação. Desta forma, ele vai parar na inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Lá, porém, ele descobre que o sistema que tanto combate é mais podre do que imagina e que o buraco é bem mais embaixo. Uma crítica atual à corrupção nas instituições públicas brasileiras, o filme trata da relação entre segurança pública e financiamento de campanha.

 

 

O Bem Amado

O-bem-amado_divulgação

Após o assassinato do prefeito de Sucupira por Zeca Diabo (José Wilker), começa uma disputa política entre Odorico Paraguaçu (Marco Nanini) e Vladimir (Tonico Pereira) pelo cargo vago. Odorico vence a eleição e toma posse como prefeito, e uma de suas promessas é construir o primeiro cemitério da cidade, para evitar a emigração dos habitantes após morrerem. Só que, após a obra ser concluída, há um problema: ninguém em Sucupira morre, o que impede que o cemitério enfim seja inaugurado. Sofrendo pressão devido a acusações de superfaturamento, Odorico precisa encontrar um meio para que o grande feito de seu mandato não se torne uma grande piada. O filme é uma sátira bem-humorada da política brasileira, mais especificamente do interior do país. Nas pequenas cidades, onde os prefeitos fazem obras majestosas e sem grande utilidade, buscando mais colocar seu nome na placa de inauguração do que beneficiar o povo.

 

 

O que é isso, companheiro?

o-que-e-isso-companheiro-original-1

 

O jornalista Fernando (Pedro Cardoso) e seu amigo César (Selton Mello) abraçam a luta armada contra a ditadura militar no final da década de 60. Os dois alistam num grupo guerrilheiro de esquerda. Em uma das ações do grupo militante, César é ferido e capturado pelos militares. Fernando então planeja o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick (Alan Arkin), para negociar a liberdade de César e de outros companheiros presos. Uma das produções nacionais que abordam o período de ditadura militar no país e o clima da época.

 

 

O ano em que meus pais saíram de férias

o-ano-em-que-meus-pais-saíram-de-férias

Em 1970, Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tenha que ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de seu avô. Por se passar na ótica de uma criança, o filme divide-se entre retratar a tristeza do menino esperando um telefonema dos pais e a felicidade dele ao acompanhar a Copa do Mundo de 1970.

 

 

Eles não usam black-tie

Eles_Nao_Usam_Black_Tie

Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem casar-se ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, que é liderada por seu pai, Otávio (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.

Publicado em: 19 de maio de 2017 às 09:17

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Onde Nascem os Sonhos traz a fantasia de volta aos cinemas

Estrelado pela vencedora do Oscar® Angelina Jolie, Alice e Peter: Onde Nascem os Sonhos é uma reimaginação de dois grandes clássicos da literatura: Alice no País das Maravilhas e Peter Pan. O longa, que teve sua estreia mundial no Festival de Sundance de 2020, traz uma origem inédita dos personagens e explora o que aconteceu antes do País das Maravilhas e da Terra do Nunca. Com estreia prevista para abril de 2021 no Brasil, a Imagem Filmes é a responsável pela distribuição nacional.



Os personagens mais queridos dos contos de fadas se encontram numa aventura repleta de sonhos e fantasia em Alice e Peter: Onde Nascem os Sonhos. No prequel, os irmãos Peter (Jordan A. Nash) e Alice (Keira Chansa) deixam a imaginação correr solta durante um verão repleto de brincadeiras com espadas, chás da tarde e navios piratas. Quando uma tragédia toma conta da família e muda completamente a vida de seus pais, Jack e Rose (David Oyelowo e Angelina Jolie), Peter e Alice embarcam numa aventura fantástica e entendem que crescer pode não ser o maior dos seus problemas. “Quando surgiu a oportunidade de interpretar o pai [de Alice e Peter Pan], isso significava que seriam duas crianças parecidas comigo nos papéis, o que é algo que eu gostaria muito de ter visto quando criança e algo que adoraria compartilhar com meus próprios filhos”, revela David Oyelowo. Para o ator, o filme “retrata a realidade, ao mesmo tempo em que abraça a magia, a imaginação e a fantasia, que são partes importantes do desenvolvimento de uma criança e que nós, enquanto adultos, acabamos perdendo um pouco quando crescemos.”

Alice e Peter: Onde Nascem os Sonhos é o primeiro live-action da diretora Brenda Chapman, conhecida por seus trabalhos em animações, como O Rei Leão (1994) e Valente (2012), neste último, inclusive, conquistou o Oscar® de Melhor Animação a tornou-se a primeira mulher vencedora na categoria. Além de trazer Alice e Peter Pan, dois personagens que todos conhecem e adoram, Chapman afirma ter sido atraída também pelo “aspecto fantasioso [do filme] e pela oportunidade de poder contar essa história de uma maneira muito diferente”. O elenco do longa conta ainda com Anna Chancellor (Pennyworth), Gugu Mbatha-Raw (Uma Dobra no Tempo), Michael Caine (Tenet), Derek Jacobi (Assassinato no Expresso Oriente), Clarke Peters (Jessica Jones), David Gyasi (Troia: A Queda de Uma Cidade) e Reece Yates (Les Miserábles).



Sinopse

Antes do País das Maravilhas e da viagem à Terra do Nunca, os irmãos Peter (Jordan A. Nash) e Alice (Keira Chansa) deixaram a imaginação correr solta durante um verão repleto de brincadeiras com espadas, chás da tarde e navios piratas. Quando uma tragédia toma conta da família e muda completamente a vida de seus pais, Jack (David Oyelowo) e Rose (Angelina Jolie), Peter e Alice embarcam numa aventura fantástica e entendem que crescer pode não ser o maior dos seus problemas.



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

#TBtdoRota: 10 ótimos filmes baseados em fatos reais

A gente ama ver filmes baseados em fatos reais e pensar que tudo aquilo realmente aconteceu. Histórias inspiradoras, tristes, de vitórias… vocês também adoram?!

Como a gente também ama compartilhar dicas, separamos dez longas baseados em fatos reais que moram nos nossos corações.

 

Leia mais: 5 biografias de artistas para ver e se inspirar!

 

Amor e Inocência

amor-e-inocência

Baseado na vida de Jane Austen, o filme mostra a autora em 1795, início de sua carreira. Com 20 anos e interessada em desvendar o mundo, ela enfrenta a pressão de seus para que se case com um homem rico, assegurando o status na sociedade da época.

 

 

Intocáveis

intocaveis

Philippe é um aristocrata rico que ficou tetraplégico após um acidente e busca um cuidador. Contrariando os desejos da família e amigos, ele contrata Driss, um jovem problemático que não tem nenhuma experiência na função. A amizade dos dois torna-se protagonista desta bela história.

 

 

12 anos de escravidão

12-anos-de-escravidão

Solomon Northup é um escravo liberto que, em 1841, acaba sendo capturado, acorrentado e vendido como escravo. Durante 12 anos ele trabalha para dois senhores, suportando humilhações e explorações.

 

 

O escafandro e a borboleta

o-escafandro-e-a-borboleta

Jean-Dominique Bauby tem 43 anos, é editor da revista Elle e um apaixonado pela vida. Mas, subitamente, tem um derrame cerebral. Vinte dias depois, ele acorda. Ainda está lúcido, mas sofre de uma rara paralisia: o único movimento que lhe resta no corpo é o do olho esquerdo. Bauby se recusa a aceitar seu destino. Aprende a se comunicar piscando letras do alfabeto, e forma palavras, frases e até parágrafos. Cria um mundo próprio, contando com aquilo que não se paralisou: sua imaginação e sua memória.

 

 

A lista de Schindler

a-lista-de-schindler

Oskar Schindler era um sujeito oportunista, sedutor, comerciante do mercado negro e membro muito bem relacionado do Partido Nazista. Apesar dos defeitos, ele amava o ser humano, o que o fez perder sua fortuna e salvar mais de mil judeus dos campos de concentração.

 



O jogo da imitação

o-jogo-da-imitação

Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing, um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas.

 

 

Flores Raras

flores-raras

1951, Nova York. Elizabeth Bishop é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell. Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary, que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares. A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. Baseado nas vidas da brasileira que projetou o Parque do Flamengo e de um dos maiores nomes da poesia norte-americana, o filme é uma bela história de amor.

 

 

A garota dinamarquesa

a-garota-dinamarquesa

Cinebiografia de Lili Elbe, que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. O filme foca o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda e sua descoberta como mulher.

 

 

Coco antes de Chanel

coco-antes-de-chanel

Quando criança Gabrielle é deixada, junto com a irmã Adrienne, em um orfanato. Ao crescer ela divide seu tempo como cantora de cabaré e costureira, fazendo bainha nos fundos da alfaiataria de uma pequena cidade. Até que ela recebe o apoio de Étienne Balsan que passa a ser seu protetor. Recusando-se a ser a esposa de alguém, até mesmo de seu amado Arthur Capel, ela revoluciona a moda ao passar a se vestir costumeiramente com as roupas de homem, abolindo os espartilhos e adereços exagerados típicos da época.

 

 

Grandes Olhos

grandes-olhos

O drama apresenta a história real da pintora Margaret Keane, uma das artistas mais comercialmente rentáveis dos anos 1950 graças aos seus retratos de crianças com olhos grandes e assustadores. Defensora das causas feministas, ela teve que lutar contra o próprio marido no tribunal, já que o também pintor Walter Keane afirmava ser o verdadeiro autor de suas obras.

Publicado em: 25 de abr de 2017 às 09:58

 



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

#TBtdoRota: Filmes na Netflix para NÃO falar da produção brasileira

Quem nunca falou que o cinema nacional é ruim, atire a primeira pedra. A gente sabe que tem muito filme meia boca por aí, mas não é por isso que vamos generalizar. Listamos alguns filmes nacionais disponíveis na Netflix para você deixar o preconceito de lado e reconhecer que por aqui há muita coisa boa sim!

 

O roubo da taça

o-roubo-da-taça

Peralta é um simples corretor de seguros que começa a sofrer pressões de todos os lados. Em casa, sua namorada Dolores dá um ultimato: é casamento ou fim de papo. Por outro lado, suas dívidas que se amontoaram rapidamente, começam a ser cobradas. Quando tudo parece perdido, uma brilhante ideia cruza a cabeça de Peralta: um plano que vai resolver todos os seus problemas. Com a ajuda de seu amigo Borracha, um sujeito nada inteligente, Peralta decide roubar a Taça Jules Rimet de dentro dos cofres da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Baseado num caso real.

 

 

O começo da vida

o-começo-da-vida

Uma análise aprofundada e um retrato apaixonado sobre os primeiros mil dias de um recém-nascido, o verdadeiro começo da vida de um ser humano, tempo considerado crucial pós-nascimento para o desenvolvimento saudável da criança, tanto na infância quanto na vida adulta, onde os pais precisam ter o maior cuidado, amor e carinho possível.

 

 

O silêncio do céu

o-silêncio-do-céu

Diana (Carolina Dieckmann) carrega consigo um grande trauma: ela foi vítima de um estupro dentro de sua própria residência. Entretanto, ela prefere esconder o caso e não contar para ninguém. Mario (Leonardo Sbaraglia), seu marido, também tem seus próprios segredos – mistérios que, ocultos, estão matando aos poucos a relação do casal.

 

 

Hoje eu quero voltar sozinho

hoje-eu-quero-voltar-sozinho

 

Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. Um filme muito delicado, para se apaixonar pelos personagens!

 



 

Entre nós

entre-nós

Sete jovens amigos escritores viajam para uma casa de campo para celebrar a publicação do primeiro livro do grupo. Lá, eles escrevem cartas para serem abertas dez anos depois. A viagem acaba em uma tragédia após a morte de um dos amigos. Mesmo assim, eles se reúnem dez anos depois para ler as cartas.

 

 

Saneamento Básico, o Filme

saneamento-básico

Os moradores de Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de colonos italianos localizada na serra gaúcha, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. Eles elegem uma comissão, que é responsável por fazer o pedido junto à sub-prefeitura. A secretária da prefeitura reconhece a necessidade da obra, mas informa que não terá verba para realizá-la até o final do ano. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase R$ 10 mil para a produção de um vídeo. Este dinheiro foi dado pelo governo federal e, se não for usado, será devolvido em breve. Surge então a ideia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um vídeo sobre a própria obra, que teria o apoio da prefeitura. Porém, a retirada da quantia depende da apresentação de um roteiro e de um projeto do vídeo, além de haver a exigência que ele seja de ficção. Desta forma os moradores se reúnem para elaborar um filme, que seria estrelado por um mostro que vive nas obras de construção de uma fossa.

 

 

Nise – O Coração da Loucura

nise

Ao voltar a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão, a doutora Nise da Silveira (Gloria Pires) propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem da esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia. Seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam, restando a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte.

 

 

Faroeste Caboclo

faroeste-caboclo

João (Fabrício Boliveira) deixa Santo Cristo em busca de uma vida melhor em Brasília. Ele quer deixar o passado repleto de tragédias para trás. Lá, conta com o apoio do primo e traficante Pablo (César Troncoso), com quem passa a trabalhar. Já conhecido como João de Santo Cristo, o jovem se envolve com o tráfico de drogas, ao mesmo tempo em que mantém um emprego como carpinteiro. Em meio a tudo isso, conhece a bela e inquieta Maria Lúcia (Ísis Valverde), filha de um senador (Marcos Paulo), por quem se apaixona loucamente. Os dois começam uma relação marcada pela paixão e pelo romance, mas logo João se verá em meio a uma guerra com o playboy e traficante Jeremias (Felipe Abib), que coloca tudo a perder.

 

 

O Último Cine Drive-in

o-último-cine-drive-in

O jovem Marlombrando (Breno Nina) se vê obrigado a voltar a Brasília, sua cidade de natal, devido à doença de sua mãe, Fátima (Rita Assemany). Lá, ele vai reencontrar seu pai, Almeida (Othon Bastos), dono do Cine Drive-in, há 37 anos. Ele insiste em manter vivo o cinema, mesmo não atraindo mais espectadores como na década de 70. Para isso, conta com a ajuda de apenas dois funcionários: Paula (Fernanda Rocha), que cuida da projeção e da lanchonete; e José (Chico Sant’anna), um velho amigo de Almeida, que ajuda a vender ingressos no caixa e da limpeza do local. Com a ameaça de demolição do Cine Drive-in e o agravamento da doença de Fátima, pai e filho vão ter que se unir e tentar reviver o passado.

*Lista produzida com base no catálogo da Netflix de 07 de maio de 2017

 

Publicado em: 7 de maio de 2017 às 09:08

 



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

#TBtdoRota: Dica de série: Grace and Frankie

Procurando algo pra ver na Netflix neste domingo? A gente ajuda! A nossa dica para hoje é a comédia Grace and Frankie, produzida pelo próprio serviço de streaming.

A série mostra Grace e Frankie, duas mulheres que estão encarando a temida terceira idade, descobrindo como recomeçar depois que seus respectivos maridos revelam que estão apaixonados um pelo outro e vão se casar.

Até então rivais, as duas descobrem que precisam se apoiar uma na outra para viver essa nova fase. Com Jane Fonda e Lily Tomlin nos papéis das protagonistas, a produção ainda conta com Martin Sheen e Sam Waterston como os ex-maridos.

Vale a pena assistir e dar boas risadas com estas famílias!

Confere o trailer:

Leia mais: A sensacional “Atypical”, da Netflix, aborda o autismo com delicadeza e um toque de humor

 

Publicado em: 16 de abril de 2017 às 11:58

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

#TBt do Rota: 4 documentários para ver na Netflix

Tirar um tempinho para assistir Netflix é quase uma obrigação. Mas o que muita gente ignora é que por lá também há documentários sensacionais. Separamos quatro docs que moram em nossos corações para vocês poderem se divertir e ainda ficar por dentro de vários assuntos superinteressantes!

 

Chef’s Table

chefs-table2

Esta produção da Netflix traz em cada episódio um nome notável da cena culinária, abrindo a cozinha para dividir sua história e filosofia. Destaque para os episódios incríveis sobre Alex Atala e Massimo Bottura. A série mostra a culinária de uma forma muito bonita, com imagens lindas de pratos sendo preparados, além de ótimas narrativas.

chef-_pds_013_h



The Royals

the-royals

Quem não ama a realeza britânica, atire a primeira pedra! The Royals é o delírio de qualquer fã de The Crown, pois documenta várias etapas da vida da família real: nascimentos, casamentos, funerais, adolescência… dá pra ficar por dentro de tudo!

familia-real



Iris

iris-2

A vida de Iris Apfel, ícone lendário da moda ainda ativa aos 95 anos, contada sob a visão do premiado documentarista Albert Maysles. Quem gosta de moda não pode deixar de ver!

iris-netflix



Cowspiracy

cowspiracy

O documentário, produzido por Leonardo DiCaprio, fala sobre o aquecimento global com uma abordagem diferente. No filme é questionando o porquê de serem omitidos dados que mostram a pecuária como a indústria que mais destrói o meio ambiente.

Cowspiracy-net

*Este post foi produzido baseado no catálogo da Netflix em 31 de agosto de 2017 e atualizado em 28 de fevereioro de 2018.

 

Publicado em: 26 de mar de 2017 às 21:33

 



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!