UNIVERSO MARVEL: As Pandemias nos Quadrinhos

As pandemias tornaram vilões que dizimaram e dizimam muito mais humanos que as guerras mundiais, estas inclusive foram apenas duas, e que duraram pouco tempo, em relação as pandemias, é claro! Já as doenças, os vírus e todas as enfermidades que proliferaram nosso planeta, foram mais de duas: peste bubônica; gripe espanhola; tifo; cólera; varíola; tuberculose; HIV; e agora a covid-19. Portanto estenderemos o assunto de hoje à seis pandemias históricas do universo Marvel, as maiores.


Começando pelo Vírus Reaver: na terra-727, em um futuro alternativo devastado, monitorado por cabo e visitado por Magneto, um cientista chamado Kirk Jansen criou um programa que cresceu e reviveu para o ódio codificado, uma praga sintética. Qualquer pessoa infectada por ela tornaram-se atrocidades cibernéticas, redesenhadas para caçar e exterminar mutantes, junto com qualquer outra pessoa que atrapalhasse!

A segunda pandemia é o Vírus Zumbi: tudo bem que esse aqui foi criado somente para que a Marvel pudesse ter uma versão de desmortos de seus personagens. Na trama, o superpoderoso Sentinela é infectado e enviado a terra-2149 pelo Vigia. Em pouco tempo quase todos os “marvianos” estavam contaminados via mordidas, em uma clássica alusão aos mortos vivos de George Romero!



Pouco semelhante a enfermidade anterior, surge o Vírus da Carniça: uma versão modificada do soro que Dr. Miles Warren criou, que deveria incubar por cinco anos dentro do corpo de seu clone. Ele planejou usar o vírus amadurecido para destruir a humanidade, para substituí-la por clones. O efeito resultante desta doença, transforma suas vítimas em brutos irracionais com a pele de zumbi e pele amarelada que acabam morrendo quando o colapso celular chega a um ponto que impede o funcionamento adequado do corpo.

Vejamos agora o Vírus Ultron: todos os que contraem este vírus são convertidos lenta e angustiosamente em uma extensão da consciência coletiva, tornando-se outra cópia impressa de sua própria personalidade niilista, transformando cada indivíduo em outra interação da inteligência da Colmeia Ultron. Robotizando os infectados, transformando-os em zumbis cibernéticos, quase totalmente mecânicos. Os infectados por Ultron sofrem de uma fúria assassina, matando e convertendo alguém intocado pela praga do vírus!



Agora, que tal uma pandemia vindo do espaço, Vírus Transmodal: capaz de transformar qualquer tecido vivo em máquina, fazendo com que as células possam funcionar como máquinas individuais, armazenando informações de seus portadores. Quando juntos, os hospedeiros podem se tornar uma Falange. A ameaça é oriunda da raça alienígena conhecida como Tecnarquia, que podem mudar de forma e vasculhar o universo a procura de seres vivos para infectar e se alimentar de sua energia vital!

Por último, a enfermidade M-Pox: uma doença que afetou apenas os mutantes e não eram todos, por conta de efeitos inesperados da Núvem Terrigena, que é a “fumacinha”, que ativa os genes inumanos nos humanos que os possuem. Os X-Men e outros mutantes praticamente foram banidos da terra. Alguns morriam apenas ao primeiro contato, outros adoeciam por um longo tempo e muitos sofriam mal-estar, cansaço e confusão mental.
Outras pandemias da Marvel, e algumas outras epidemias e surtos, também existentes neste vasto universo poderão ser tema de outras aulas.

Professor Marvel



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
le = window.adsbygoogle || []).push({});

%d blogueiros gostam disto: