Orquestra Sinfônica de João Pessoa fará terceiro concerto da temporada

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) se apresenta neste sábado (11), às 18h, no Auditório Celso Furtado do Centro Cultural Ariano Suassuna, no III Concerto Oficial da Temporada. A apresentação é fruto de uma parceria entre a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), através do Centro Cultural Ariano Suassuna. A entrada é gratuita.

Regida pelo maestro Laércio Diniz, seu regente titular, a Orquestra Sinfônica Municipal vai executar obras de vários compositores, como Alexandre Guerra (1971), compositor residente convidado para esta temporada, Ennio Morricone (1928),Thomas Bergersen (1980) e L. V. Beethoven (1770-1827). O violoncelista Jorge Rossi, integrante da OSMJP, será o solista da noite.

O programa da noite será aberto com “Estações Brasileiras”, de Alexandre Guerra, obra que, com uma atmosfera nostálgica e introspectiva transita com liberdade e sensibilidade entre os universos erudito e popular, proporciona uma viagem musical. Convivem a escrita orquestral e um certo clima de bossa nova, tal qual as obras sinfônicas do mestre Tom Jobim – na qual, aliás, a música de Alexandre se inspira e da qual é devedora.



Depois a OSMJP faz uma viagem ao universo do cinema, executando temas de filmes famosos adaptados para violoncelo, com a participação especial do violoncelista Jorge Rossi,solista da noite e autor dos arranjos.São obras de Ennio Morricone (“Cinema Paradiso”), Lady Gaga (“Shallow”), Luiz Bacalov (“The Postman”), dentre outras músicas do repertório popular, erudito.

Para encerrar a programação, a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa executa a “Sinfonia n 5 em Do menor, op. 67”, de Beethoven, a sinfonia mais conhecida e popular do repertório erudito. A quinta sinfonia foi executada pela primeira vez no dia 22 de dezembro de 1808, no Theater an der Wien, por músicos arregimentados para o concerto sob a regência do próprio Beethoven.

Durante a execução da quinta sinfonia, haverá a projeção de um vídeo de Jonathas Beck, baseado na natureza e no trabalho do artista brasileiro Rafael Mifano, que utiliza uma motosserra para fazer esculturas em troncos de árvores tombadas, ou seja, árvores que caem naturalmente. O escultor recolhe a madeira para criar suas obras. Ele viaja com o seu trabalho pelos mais belos parques naturais do mundo.

 

Serviço

III Concerto Oficial da Temporada 2019

Local: Centro Cultural Ariano Suassuna (R. Prof. Geraldo Von Sohsten, 147 – Jaguaribe, anexo ao TCE)

Data: Sábado (11)

Hora: 18h

Classificação: Livre

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Banda-fôrra chama Vieira em show desta sexta no General Store

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Banda-fôrra chama Vieira em show desta sexta no General Store

A banda-fôrra lançou na semana passada mais uma temporada de shows, dessa vez o projeto “banda-fôrra chama” ocupa as sextas-feiras da General Store, casa queridinha dos amantes de um belo pôr-do-sol no Centro Histórico da capital paraibana. No próximo dia 10, a partir das 18h, o grupo, que recebeu Os Fulano no último dia 3, recebe agora a banda Vieira para uma participação super especial. O couvert artístico custa apenas R$10 por pessoa.

A banda-fôrra vem se mostrando uma das grandes revelações da música paraibana desde o lançamento do álbum “Trilha” em 2018. Desde então lançaram uma série de lyric videos para cada uma das oito músicas do disco, um DVD ao vivo e o videoclipe de “Apego”, realizaram uma turnê pelo sudeste participando de importantes festivais. Em abril de 2019 apresentaram ao público o videoclipe da música “Abril”, com participação de Arthur Vieira, já disponível no canal oficial de Youtube da banda – assista aqui



A banda-fôrra apresenta um hibridismo musical e uma personalidade única, rompendo com rótulos e estereótipos geográficos, ao passo que promove o diálogo de sonoridades estrangeiras com a essência da música brasileira em pé de igualdade. Um processo místico e antropofágico de elementos da cultura nordestina e da universalidade do rock e da música pop. Formado por Ernani Sá, Gustavo Limeira, Matteo Ciacchi, Hugo Limeira e Lucas Benjamin, o grupo lançou um EP homônimo em 2015 que rendeu a indicação de “Radiohead Tropical” pelo jornalista Lúcio Ribeiro do site Popload. Em Trilha, disco de estreia lançado em Janeiro de 2018, a banda-fôrra trouxe uma obra de quem é livre para cantar e dançar, com uma sonoridade na qual “os excessos são retirados e a essência, priorizada”, como aponta o site Monkeybuzz.

IMG_5657
Foto: Marcelo Rodrigues

Vieira estreou com o EP “Comercial Sul” em 2015 e logo chamou atenção do público, da mídia e de produtores, colecionando aparições importantes como no Festival Dosol, Festival Mundo, Festival Grito Rock, Festival Hacienda e em shows na cidade de São Paulo. O álbum “Parahyba Vive” foi gravado em agosto de 2017 no Red Bull Studios São Paulo após o grupo ganhar o concurso Red Bull Break Time Sessions entre centenas de bandas brasileiras – ouça aqui.

 

Serviço

banda-fôrra chama Vieira

10/05 (sexta), às 18h

Couvert R$10,00

General Store – Av. General Osório, 152, Centro

 

Siga as redes sociais da banda-fôrra:

Facebook

Instagram

Youtube

Deezer

iTunes

Spotify

Google Play

Bandcamp

 

*Toroh Música & Cultura assessoria de imprensa

Foto destaque: Dani L.

 

Leia também: Banda Mafiota mistura ritmos na programação no Hotel Globo

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Banda Mafiota mistura ritmos na programação no Hotel Globo

A mistura de ritmos chega ao Pôr do Sol no Hotel Globo, localizado no Centro Histórico da Capital, nesta sexta-feira (10). Dentro da programação do AnimaCentro, a banda Mafiota agita o público com músicas autorais. O show, que inicia às 16h30, é gratuito e para todos os públicos. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

No repertório do show, a banda traz músicas do disco mais recente, intitulado ‘Malé’. Entram na lista outros grandes sucessos da Mafiota, como ‘Avenida’, ‘Devassa’, ‘Rua da Areia’, ‘Cocada preta’, ‘Noite e dia’ e ‘Esfinge’, dentre outras que marcaram a trajetória de mais de dez anos da banda, uma mistura de ritmos com influências do soul, funk, brega e rock.

A Mafiota é formada atualmente por Geraldo Lima (bateria), Morgana Morais (contrabaixo elétrico), Ucla Botelho Abrantes (guitarra), Teo Filho (trombone), Felipe Gomes (trompete) e Diógenes Ferraz (voz).

Sobre a banda – Fundada em 2007, a Mafiota chegou ao cenário musical paraibano em 2013 com o EP “Devassa” e já participou de eventos importantes, como o Campus Festival, Web FestValda e o Grito Rock João Pessoa.

 

Serviço:

Show da banda Mafiota

Local: Hotel Globo, localizado no Centro Histórico da Capital

Dia: Sexta-feira (10)

Hora: A partir das 16h30

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Pavilhão do Chá oferece opções de presentes para as mães até sexta

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

 

Estação Cabo Branco realiza o ‘Chá com Artes’ em homenagem às mães

O projeto Chá com Artes deste mês de maio será em homenagem às mães. O evento acontece nesta quinta-feira (9), às 15h, na sala de Práticas Educacionais da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A entrada é aberta ao público de todas as idades. Projeto Chá com Artes consiste em encontros esporádicos de fim de tarde, com grupos da Terceira Idade e outros convidados para uma tarde aconchegante, proporcionando um momento de interação social.

O Chá com Artes surgiu há mais de quatro anos com o intuito de promover encontros, palestras, seminários, conversas e bate-papos, sempre aos finais de tarde, com grupos convidados para um momento aconchegante ao som de música, artes plásticas, enquetes teatrais, leituras e saraus, proporcionando um momento de interação social, com debates sobre variados temas da atualidade.



Já participaram da atividade grupos sociais dos bairros de Mangabeira, Bancários, Altiplano, Bairro dos Estados, Cruz das Armas, Expedicionários, entre outros. Já foram realizadas edições do chá em alusão ao São João e com os idosos do Instituto de Previdência do Município de João Pessoa (IPM).

Serviço:

Chá com Artes

Quinta-feira (08)

Hora: 15h

Local: Estação Cabo Branco – Sala de Práticas Educacionais

 

*Luiz Carlos Lima/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Pavilhão do Chá oferece opções de presentes para as mães até sexta

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Pavilhão do Chá oferece opções de presentes para as mães até sexta

Até a próxima sexta-feira (10), os pessoenses podem visitar a Feira de Artesanato e Brechó que acontece no Centro Cultural Pavilhão do Chá, na Praça Venâncio Neiva. O evento oferece um leque de opções para presentear as mães. O público pode visitar a feira no horário das 14h às 17h.

O Projeto de Associação das Mulheres Empreendedoras (Proame), com o auxílio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), está promovendo a Feira de Artesanato e Brechó, valorizando o trabalho de aproximadamente 30 mulheres, gerando emprego e renda.

A Feira do Pavilhão do Chá oferece uma variedade de opções para compras como conjuntos de jogo americano para copa e cozinha, artesanato em papel, vidro e madeira, brinquedos artesanais, roupas e confecções, mantas, redes e bonecas artesanais. Os preços variam de R$ 5 a R$ 170.



*Dayana Nóbrega/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Confira opções de como comemorar o Dia das Mães em João Pessoa

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Cine Bangüê exibe ‘O último trago’ e tem debate com o diretor do longa

A programação do Cine Bangüê, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa, prossegue nesta quinta-feira, dia 9, a partir das 19h, com a exibição de ‘O último trago’. Após a sessão, haverá debate com o diretor Pedro Diógenes. Esse filme é sobre vidas desconhecidas indiretamente interligadas, mesmo que apenas pelos dramas e paixões.

o-ultimo-trago2
Foto: Divulgação/ Cena do filme O Ultimo Trago

Este é o caso das personagens Augusto, Álvaro, Joachim, Vicente, Marlene, Cláudio e Valéria que, em lugares e tempos distintos, se encontram em um momento limite entre a vida e a morte. Pedro Diógenes tem como parceiros de direção desse drama-terror Luiz Pretti e Ricardo Pretti. A produção cearense – contará com uma segunda sessão no dia 14 de maio.

Já nos dias 11 (às 16h), 13 (às 19h) e 15 (às 19h), haverá sessões do drama ‘Mormaço’, no Cine Bangüê, dirigido por Marina Meliande. Conforme a sinopse, Ana (Mariana Provenzzano) é uma defensora pública que trabalha contra a remoção da Vila Autódromo, comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro que a prefeitura deseja riscar do mapa em virtude das instalações esportivas das Olimpíadas de 2016. Ela mesma correndo risco de perder sua casa por conta da especulação imobiliária que assola a cidade, Ana, cada vez mais cansada por conta do clima e da árdua luta, de repente percebe o surgimento de marcas misteriosas em seu corpo.



Primeiro longa-metragem solo de Marina Meliande, ‘Mormaço’ já passou por dezenas de Festivais pelo mundo desde o ano passado. O filme teve estreia mundial na competição oficial do Festival Internacional de Cinema de Roterdã e foi exibido pela primeira vez no Brasil na mostra competitiva do Festival de Gramado. Também passou pela mostra competitiva Novos Rumos, do Festival do Rio, onde recebeu menção honrosa do júri, e esteve na 42ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

 

*Secom Paraíba

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Hotel Globo recebe o projeto “Encontros com o Cinema Paraibano”

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Hotel Globo recebe o projeto  “Encontros com o Cinema Paraibano”

O Hotel Globo recebe partir deste sábado (11), às 15h30, o público pessoense vai poder debater a produção audiovisual da Capital com seus realizadores. É o projeto “Encontros com o Cinema Paraibano”. O evento é gratuito e integra a programação do AnimaCentro.

O objetivo do projeto é reunir os realizadores selecionados na última edição do Edital Walfredo Rodriguez de fomento ao audiovisual pessoense, que vão falar sobre cinema no estado, seus projetos, processos criativos e afins. E nesta primeira edição, os convidados são Tavinho Teixeira e Marcel Vieira, realizadores dos longas-metragens “Fealdade” e “Fúria”, respectivamente.

De acordo com o chefe da Divisão de Audiovisual da Funjope, Paulo Roberto, o projeto “Encontros com o Cinema Paraibano” foi criado com o propósito de cada vez mais abrir espaço para o diálogo entre a produção cinematográfica de João Pessoa com a sua população, além, de também, ser um ambiente de análise do audiovisual pessoense.

“O programa propicia ambiente para que o público em geral e os realizadores selecionados no edital de fomento à produção cinematográfica Walfredo Rodriguez possam trocar impressões, levantar questões e assim dialogar sobre o cinema que vem sendo produzido na Capital através das ações de incentivo da Prefeitura Municipal de João Pessoa”, disse.



Os convidados – Tavinho Teixeira tem trabalhos nas artes cênicas, literatura e cinema. Dirigiu o curta-metragem “Púrpura” (2012) e os longas “Luzeiro Volante” (2001) e “Batguano” (2014), além de “Sol Alegria” (2018) realizado com recursos do Edital Walfredo Rodrigues. “Fealdade”, também pelo Walfredo Rodriguez, está em fase de pré-produção.

Marcel Vieira é professor do curso de Cinema e Audiovisual e do Programa de Pós-graduação em Comunicação (do qual é atualmente coordenador) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). “Fúria”, seu primeiro longa-metragem, selecionado pelo Edital Walfredo Rodriguez, encontra-se em fase de pré-produção.

 

Serviço

Encontros com o Cinema Paraibano

Convidados: Tavinho Teixeira e Marcel Vieira

Local: Hotel Globo (Largo de São Frei Pedro Gonçalves, Varadouro)

Dia: sábado (11)

Hora: 15h30

Classificação: Livre

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Esses livros sobre Ditadura Militar brasileira retratam o que foi o período

 

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

“O Cristo Lampião” será apresentado nesta terça na Casa da Pólvora

O espetáculo “O Cristo Lampião”, do Coletivo Porta Cênica, será apresentado nesta terá-feira (7), às 20h, no Centro Cultural Casa da Pólvora. A apresentação, realizada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), faz parte da programação do AnimaCentro.

Com direção de Kalline Brito, o espetáculo tem como base o universo do cangaço, enquanto manifestação sociocultural da região Nordeste, é um caminho para a reflexão sobre o sofrimento do povo desta região, permitindo o descobrimento de sua história e ajudando a melhor compreender sua realidade.

A ação se passa em Princesa Isabel. Os moradores se preparam para a encenação da Paixão de Cristo quando a cidade é invadida pelo bando de Lampião. O cangaceiro é convidado para interpretar Jesus Cristo, mas não quer aceitar. A partir daí vão sendo narradas a história de Lampião e a Ressurreição de Cristo.

O elenco conta com alunos do Curso Livre de Teatro do Coletivo Porta Cênica, estudantes da graduação em Teatro da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e artistas profissionais como Everaldo Vasconcelos, Maria Betânia, Bruno Fonseca, Jô Costa, Kalline Brito, Sônia de Lourdes, Bruno Constantino, Hugo Salvador, Nydete Xavier, João Victor.



 

Serviço

Espetáculo “O Cristo Lampião”

Local: Centro Cultural Casa da Pólvora (Ladeira de São Francisco, s/n – Centro)

Dia: Terça-feira (7)

Hora: 20h

Classificação: Livre

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Cinépolis anuncia pré-venda de Aladdin, Live Action do clássico da Disney

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Peça teatral do grupo Oxente é atração da Villa Sanhauá

A imaginação vai tomar conta da Villa Sanhauá, no Centro Histórico da Capital, neste domingo (5). O grupo Oxente traz um espetáculo ‘Girandei’, que vai levar o público a uma viagem nas cantigas e brincadeiras populares. A apresentação é gratuita e inicia às 16h. A programação faz parte das atividades do projeto AnimaCentro, que é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

Na peça para todas as idades, duas atrizes se encontram e recontam histórias e brincadeiras da infância, trazendo para o palco lembranças de um passado distante e num clima de muita alegria, descontração e entretenimento. “O objetivo do espetáculo é proporcionar também uma releitura, um reinventar de histórias, cantos e contos de uma infância que não se vive mais”, disse a atriz Mônica Macedo.

A atriz explicou ainda que as peças apresentadas pelo grupo acontecem em espaços múltiplos, tanto nas ruas como nos palcos. “Nosso objetivo é envolver os espectadores pela magia do espetáculo teatral, fazendo o teatro acontecer. Para essa apresentação, vamos montar uma estrutura de ferro, que servirá para sustentação do cenário”, adiantou.

Entram em cena os atores Emmauel Vasconcelos (músico), Mônica Macêdo (Benedita) e Margarida Santos (Catirina). A direção é de Everaldo Vasconcelos e a produção executiva de Jamil Richene.



Serviço –

Apresentação da peça teatral ‘Girandei’

Local: Villa Sanhauá  

Dia: Domingo (5)

Hora: A partir das 16h

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: João Pessoa participa do Festival Brasil Sabor a partir desta sexta-feira

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

 

 

Circo do Palhaço Nervosinho se apresenta na Praça da Independência

A Praça da Independência vai se tornar um verdadeiro picadeiro com a apresentação do Millennium Circus – Fantástico Mundo Mágico do Palhaço Nervosinho. Alegria, diversão e muita brincadeira. É o que pode ser conferido na programação do AnimaCentro, neste domingo (5). O espetáculo, que é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), inicia a partir das 16h e tem entrada gratuita, para todos os públicos.

Um dos diferenciais do circo é o número cria­tivo, caracterizando apresen­tações que estimulam o lúdico, a imaginação e a fantasia, es­pecialmente nas crianças. Nos adultos, os espetáculos têm o compromisso de resgatar emo­ções adormecidas e a paixão pela arte. “A apresentação garante o acesso da arte à população, além de fortalecer a identidade e a cultura popular”, contou Roberto Júnior, o palhaço Nervosinho.

O espetáculo vai contar com magia, apresentação com fogo, lira espacial, tecido acrobático, chicote mexicano, entre outros. O Millennium é formado pela família de Lourenço Roberto Salim Paiva, os filhos Renato Franklin Paiva e Roberto Paiva Júnior, e a nora Carla Barbosa Silva Paiva.

fireman
Foto: Divulgação

Sobre o circo – A equipe do circo é uma família tradicional da cidade de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba. Eles já são a quarta e quinta geração circense. Em 2006, resolveram montar o próprio circo, que é o Millennium Circus.



Serviço –

Apresentação do Millennium Circus

Local: Praça da Independência

Dia: Domingo (5)

Hora: A partir das 16h

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: João Pessoa participa do Festival Brasil Sabor a partir desta sexta-feira

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3