4 destinos na Paraíba para visitar e se encantar!

A Paraíba ainda não é um destino tão explorado por turistas. À exceção de Campina Grande e João Pessoa, que são bastante conhecidas, muitos lugares incríveis ainda são desconhecidos por quem visita o estado, ou mesmo pelos próprios paraibanos.

Com suas várias sub-regiões, as terras paraibanas guardam belezas naturais e culturais capazes de encantar qualquer pessoa. Listamos quatro destinos na Paraíba não tão conhecidos, mas apaixonantes!

 

Alagoa Grande e Areia

alagoa-grande

O Brejo paraibano ainda é pouco conhecido, mas guarda excelentes atrações para quem gosta de história, além de belezas naturais encantadoras. Na cidade de Alagoa Grande, por exemplo, é possível visitar o Memorial Jackson do Pandeiro, um museu em homenagem ao músico paraibano, e se apaixonar pela arquitetura luxuosa do Teatro Santa Ignêz, localizado no centro da cidade. Já em Areia podemos conhecer um pouco da cultura da cana-de-açúcar, que foi por muitos anos a principal fonte de renda da região. Na cidade existem museus abertos à visitação, como o Casarão José Rufino, onde é possível visitar algumas senzalas, além de conhecer engenhos de produção de cachaça, bebida típica do local. A cidade também conta com vistas maravilhosas das serras e é perfeita para quem busca a tranquilidade de uma cidade pequena. Fizemos um post com roteiro de um dia em Alagoa Grande e Areia. Clique aqui para conferir!



Parque Estadual do Pico do Jabre

pico-do-jabre
Foto: Reprodução/Youtube

O Pico do Jabre é o ponto mais alto da Paraíba, 1.197 metros de altitude, localizado no município de Matureia, próximo de Patos. É possível escalá-lo a pé ou em carros 4×4, pois apesar de ter a subida toda calçada, ela é bastante íngreme. Do alto do pico é possível avistar todo a região, com vistas lindas que certamente valem o esforço. Na região há engenhos para visitação, além de um restaurante localizado ao pé da serra que serve a legítima comida regional, e conta com um pequeno museu de artigos sertanejos.

 

Parque Estadual da Pedra da Boca

pedra-da-boca-hora-do-vale
Foto: Hora do Vale

Localizada no município de Araruna, a Pedra da Boca é uma formação rochosa de 336 metros de altura, que ficou conhecida assim graças a uma cavidade com formato de boca aberta. O local é usado para a prática de rapel, trilhas e escaladas e é um destino ideal para quem busca aventura e contato com a natureza.



Lajedo de Pai Mateus

lajedo-de-pai-mateus-paraiba-radio-blog
Foto: Paraíba Rádio Blog

O Lajedo de Pai Mateus é uma elevação rochosa localizada na cidade de Cabaceiras, no Cariri paraibano. Com aproximadamente 1,5 km², o local possui cerca de 100 grandes pedras arredondadas que se destacam sobre a superfície de vegetação escassa. Uma das mais conhecidas é a Pedra do Capacete, nomeada assim graças à sua forma peculiar. Segundo a lenda, o local tem esse nome graças a um eremita curandeiro que vivia por lá no século XVII, ao qual as pessoas buscavam auxílio para a cura de doenças. (O Lajedo de Pai Mateus está fechado para visitação até abril de 2018 para gravações de uma série da Rede Globo).

 

Veja também – Lugares diferentes para ir em João Pessoa



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Viagem: roteiro de um dia em Alagoa Grande e Areia – PB

Érica Rodrigues

 

A Paraíba é cheia de lugares legais para se conhecer, e duas cidades que visitei há pouco tempo para gravar um vlog para o nosso canal e amei muito foram Alagoa Grande e Areia. A viagem foi um bate e volta saindo de João Pessoa e voltando no mesmo dia, mas já foi mais do que suficiente para ser inesquecível.

 

Saímos de João Pessoa às 10h30 da manhã, mas pessoalmente recomendo sair mais cedo, para poder fazer tudo com calma. A estrada para as duas cidades é bem bonita, na minha opinião, pois trata-se de uma região serrana, com tudo verde e várias espécies de plantas que não temos aqui no litoral. Chegando mais próximo a Areia é possível ver inclusive olhos d’água minando na serra. Para quem gosta de campo, é um passeio bem agradável!

Nossa primeira parada foi em Alagoa Grande, para visitar o Memorial Jackson do Pandeiro. O museu fica no centro da cidade e contém objetos do artista, que nasceu na cidade, além de matérias de jornais, discos, enfim, bastante informação sobre a vida e carreira dele. O museu é bem pequeno, mas vale a visita para quem curte a obra de Jackson do Pandeiro.

teatro

De lá, fomos conhecer o Teatro Santa Ignês, que na verdade fica bem próximo ao ponto turístico anterior. Dá até para ir a pé, se for preciso. Visitar esse teatro foi uma grande surpresa para mim, pois eu não imaginava que o lugar seria tão conservado e lindo! Na verdade, Alagoa Grande é uma cidade muito pequena, então a gente não espera encontrar um prédio tão rico como esse bem no centro da cidade. Mas isso que tornou a experiência ainda melhor! Tiramos várias fotos e ficamos um bom tempo observando os detalhes!

casarã0

Depois de visitar esses dois lugares, era hora de pegar a estrada para Areia. A nossa primeira parada na cidade foi o Casarão José Rufino, que preciso dizer: parece ter saído direto de uma cena de novela de época! A casa pertenceu a um senhor de escravos e é muito conservada! Lá é possível visitar as senzalas onde os negros viviam, além de apreciar uma vista maravilhosa da paisagem do brejo paraibano. Esse passeio é imperdível!

A essa altura já estávamos com muita fome, então fomos almoçar no restaurante Bambu Brasil, que fica dentro da pousada Vila Real. Preciso dizer que esse restaurante é um dos mais bonitos que já vi! A decoração tem uma pegada colonial muito linda, sem contar que a vista de lá é simplesmente de tirar o fôlego! Pedimos um filé à parmegiana para duas pessoas que estava delicioso e era muuuuito bem servido. Recomendo!

Por fim, para encerrar o dia, era preciso conhecer a legítima cachaça do brejo no Engenho Triunfo. A visita guiada custa R$ 5 por pessoa e vale muito a pena! Nela você é apresentado ao processo de produção da cachaça, em todas as suas etapas, além de contar com uma degustação no final. O passeio é muito interessante e o ambiente é lindo! Imperdível para quem for a Areia!

Após esse último passeio, era hora de pegar a estrada de volta para João Pessoa. Mas, para quem desejar pernoitar em Areia, há vários hotéis e pousadas excelentes na cidade!

 

Leia mais – Um dia no Maior São João do Mundo!

 

Ficou curioso para ver tudo melhor? Assista ao nosso vlog!

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!