Saiba o que rola na sua cidade!

Salão Municipal de Artes Plásticas reúne artistas e público na abertura

Salão Municipal de Artes Plásticas

Pinturas, esculturas, fotografias – o XVI Salão Municipal de Artes Plásticas (Samap) foi aberto na noite desta sexta-feira (18), com a exposição de 12 obras assinadas por diferentes gerações de artistas plásticos paraibanos. O evento, que é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), ficará aberto ao público até o dia 15 de março, e pode ser visitado de segunda a sexta, das 9h às 12h, e das 13h às 17h, na Galeria Casarão 34, no Centro da Capital.

Essa é a primeira vez que o evento, que tem importância nacional, é realizado no âmbito regional, contando apenas com trabalhos de artistas paraibanos, que foram selecionados pela Comissão de Análise de Mérito, através do Edital 08/2018 da Funjope. E justamente num momento onde as artes visuais e o artesanato paraibano estão em grande evidência – João Pessoa, por exemplo, está inserida na lista das Cidades Criativas da Unesco, pelas ações desenvolvidas nesse segmento.  O diretor de Ação Cultural da Funjope, Sandoval Nóbrega, destacou a importância da Prefeitura de João Pessoa nesse contexto.

“O Salão veio para coroar uma série de acontecimentos, de iniciativas da Prefeitura de João Pessoa, que fizeram a cidade receber o selo de Cidade Criativa da Unesco. E também tem a importância de lançar novos artistas, de inseri-los no mercado e movimentar o cenário das artes plásticas e visuais local. Vivemos um grande momento, tanto na perspectiva dos eventos como na consolidação do trabalho dos nossos artistas pertencentes a diferentes gerações”, afirmou Sandoval Nóbrega.



Quem teve motivos a mais para comemorar o Salão Municipal de Artes Plásticas foi Flaw Mendes, artista plástico cuja obra, um objeto de signo cartográfico, transposto em outro suporte, propõe diferentes leituras para o público. A criatividade rendeu ao artista o prêmio de R$ 10 mil – uma proposta do evento para dar mais visibilidade e impulsionar a carreira do iniciante, já que este pode inclusive financiar uma exposição individual ou custear um bom catálogo.

“O Salão tem uma importância nacional, de muita tradição, portanto, eu já estava feliz por ter sido selecionado para participar. Estar entre tantos artistas talentosos, os mais novos e os mais antigos, e poder vencer realmente é muito gratificante. Esse tipo de ação por parte do poder público é de extrema importância para a gente fomentar a arte, dar voz aos artistas e fortalecer a cultura do nosso Estado e da cidade de João Pessoa” garantiu Flaw Mendes.

Além da belíssima obra de Flaw Mendes, o público que visitar o Salão Municipal de Artes Plásticas vai encontrar trabalhos de muito valor artístico, de diferentes propostas e perspectivas, expressões e influências. “O trabalho do artista tem a dimensão do mundo”, resumiu Marcos Andruchak, um dos convidados que integrou a banca avaliadora dos trabalhos. “Aqui a gente encontra uma diversidade impressionante. Quem visitar o Salão vai poder conferir o que os artistas estão propondo como obras de arte – e tem algumas novidades, trabalhos diferentes, mas com uma riqueza muito grande” completou.

 

*Max Oliveira/Secom-JP

Foto destaque: Rafael Passos

 

Leia também: Curso de Musicalização Infantil abre inscrições no Centro e no Espaço Cultural

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Deixe seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: