Saiba o que rola na sua cidade!

Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba apresenta concerto com música brasileira

orquestra sinfônica jovem

A música “Batuque”, da Série Brasileira, do compositor brasileiro Alberto Nepomuceno, vai abrir o 3º Concerto Oficial da Temporada 2018 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, que acontece nesta quinta-feira (14), às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), em João Pessoa, com entrada gratuita. O concerto terá regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação dos músicos Bruna Bonfim e Fabiano Silva como solistas.

“Para esse concerto, a Orquestra Jovem preparou belas novidades, das quais destacamos a música de abertura, que é o Batuque da Série Brasileira de Alberto Nepomuceno. É uma música baseada no ritmo e na dança dos negros africanos. Essa obra fez um grande sucesso quando foi composta no século 19”, explicou o maestro Durier. O compositor, pianista, organista e regente brasileiro Alberto Nepomuceno nasceu em Fortaleza (CE) em 1864, e é considerado o “pai” do nacionalismo na música erudita brasileira.

Em seguida, a orquestra vai executar, ao lado dos solistas Bruna Bonfim e Fabiano Silva, o “Concerto para Trompa e Fagote”, do compositor alemão Ignaz Lachner (1807-1895). “O concerto traz a solista da sinfônica jovem Bruna Bonfim, acompanhada pelo marido, Fabiano, que vão tocar um concerto duplo, para trompa e fagote, pela primeira vez apresentada no Brasil. É uma obra muito significativa, muito bonita do período clássico”, observou.

Depois do intervalo, os músicos voltam ao palco da Sala de Concertos para mostrar ao público uma seleção do ballet “Fausto”, do compositor francês, famoso por suas óperas e músicas religiosas, Charles Gounod (1818-1893), com a Dança dos Escravos Núbios, Dança Antiga, Variações de Cleópatra, Os Troianos, Variações do Espelho e Dança de Frinéa.

Luiz Carlos Durier destaca que o repertório da sinfônica jovem é sempre pensado em músicas agradáveis, de fácil assimilação e de impacto emocional. “A seleção do balé, da ópera Fausto, de Gounod, é uma das obras muito cativantes. É uma suíte muito bonita, cheia de ritmos excelentes para a audição”.

“Danzon nº 2”, do compositor mexicano Arturo Marquez (1950) será executada a seguir. “O concerto encerra com uma música mexicana, música para dançar mesmo, aquela música de ritmo quente e de melodias muito sensuais e exóticas. O Danzon, de Arturo Marquez, já é uma marca da sinfônica jovem e que já teve grandes elogios pelas interpretações feitas pela Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba”, finalizou o maestro.



osjpb-concerto_28.09-2

Solistas

Bruna Bonfim (fagote)

Natural de João Pessoa (PB), Bruna Bonfim é bacharel em Fagote pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é fagote principal da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, fagotista da Orquestra Sinfônica de João Pessoa e aluna do curso de Licenciatura em Música da UFPB.

Iniciou seus estudos em 2004 na Escola de Música de Caaporã (PB), cidade onde cresceu. No ano seguinte ingressou no Curso de Extensão da UFPB em saxofone e em 2005 passou a integrar o quadro de professores do Centro Cultural Severino Bezerra de Lima, em Caaporã. Em 2008 passou a estudar e se dedicar exclusivamente ao fagote na UFPB.

Como fagotista participou de diversos grupos e orquestras, como a Orquestra Sinfônica da UFPB, Orquestra Sinfônica Jovem da UFPB, OSUFPB Sopros, Banda Sinfônica José Siqueira UFPB, Quinteto Musarun, Quinteto Uruaé, Orquestra de Câmara de Cidade de João Pessoa, Banda 5 de Agosto, Banda Sinfônica da Cidade do Recife, Orquestra de Câmara Espiral da Escola Técnica Estadual de Criatividade Musical – Recife (PE).

Em 2014 e 2015, participou da Academia Jovem Concertante Etapa Maranhão. Como professora de música participou do Festival Pernambuco Nação Cultural, da Banda Musical Curica – Goiana (PE), Banda Musical Saboeira e do Colégio Duque de Caxias Goiana.

Fabiano Silva (trompa)

Natural de Goiana (PE), iniciou seus estudos musicais aos 14 anos, logo depois ingressou na Banda Musical Curica e mais na tarde na Banda Musical Saboeira, ambas instituições musicais sesquicentenárias da cidade de Goiana.

Foi professor de música do Cemad (Centro de Educação Musical da Assembleia de Deus), músico da Banda Voz dos Anjos da Assembleia de Deus de Goiana e professor em Caaporã (PB), no Centro Cultural Severino Bezerra de Lima.

Em 2006, iniciou seus estudos na trompa de harmonia e no mesmo ano foi aprovado como trompista no concurso para a Banda do 15 BIMTZ, onde permaneceu na função de trompista até o ano de 2014. Participou como trompista da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, Banda Sinfônica José Siqueira (UFPB), OSUFPB Metais, OSUFPB Jovem, Quinteto Uruaé, Banda de Metais da Sedec, Orquestra Sinfônica da Paraíba, Orquestra de Câmara de João Pessoa e Banda 5 de Agosto.

Compõe sua formação a participação em festivais de música, entre os quais: Encontro Brasileiro de Trompistas, Encontro Internacional de Trompistas, Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa, Mimo – Mostra Internacional de Música de Olinda (PE), Bandas de PE, Goiana Expomusic, Projeto Cultural de formação de Produtores de Arte e Cultura e Gestores Públicos Municipais da Área de Cultura e Músicos de Bandas de Música.

Atualmente Fabiano Silva é trompista da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, trompista convidado da Orquestra Sinfônica da UFPB, é professor de trompa do Prima (Programa de Inclusão Através da Música e das Artes) e aluno do curso de Bacharelado em Música da UFPB.



Regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 20 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Fotos: Thercles Silva

 

Leia mais Paulo, o Apóstolo de Cristo: um lindo filme sobre amor!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

%d blogueiros gostam disto: