Saiba o que rola na sua cidade!

Galeria Casarão 34 inscreve para oficina “Vida, obra e mercado”

Galeria Casarão 34

A Galeria Casarão 34 está com inscrições abertas até o dia 23 de abril para a oficina “Vida, obra e mercado”, que será ministrada pelo artista plástico pernambucano Carlos Melo, no período de 23 a 26 deste mês. Estão sendo oferecidas apenas 15 vagas para artistas visuais. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas apenas pela Internet, através do link.

A oficina será realizada na Galeria Casarão 34 (Pça Dom Adauto, 34 – Av. Visconde de Pelotas, Centro), no turno da tarde, das 13h às 17h30. Só os participantes que tiverem frequência total na oficina receberão certificado.

Nesta oficina, Carlos Melo lança luz sobre assuntos que fazem parte da produção de um artista. Ele levanta questões que pretendem discutir assuntos do campo da sensível até a FineArt.

“A oficina ministrada por Carlos Melo inaugura o programa de formação em arte 2019 da Galeria, que este ano continuará trazendo contribuições fundamentais de profissionais atuantes no circuito de arte brasileiro (artistas, críticos de arte e curadores), uma ação da Prefeitura de João Pessoa através de sua Fundação Cultural, que também busca incentivar e difundir a arte contemporânea na cidade, ampliando os horizontes do conhecimento tanto do artista jovem e do artista com trajetória quanto do público interessado”, disse a diretora do Casarão 34, Valquiria Farias.



O ministrante –Carlos Melo é um artista plástico que trabalha com vídeo, fotografia, desenhos, instalação, escultura e performance, em uma investigação sobre o lugar que o corpo ocupa no mundo. Idealizador e curador da Bienal do Banco do Brasil, em Caruaru (2014). Participou de exposições coletivas como a 3ª Bienal da Bahia (2014); No Krannert Art Museum, Universityof Illinois, nos Estados Unidos (2013); no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (2010); Enel Itaú Cultural, São Paulo (2008, 2005, 2002 e 1999), dentre outras; Realizou individuais na Galeria 3 + 1, Lisboa (2010); no Paço das Artes, São Paulo (2004). Ganhou o Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas (2006).

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Homenagem a Jackson do Pandeiro integra programação da OSPB

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

 

Deixe seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: