Cine Bangüe exibe filmes independentes com ingressos em conta

Cine Bangüê

O cinema é uma ótima forma de fugir da mesmice do cotidiano. Porém, a quantidade de filmes sendo produzidos e lançados toda semana no Brasil acaba sendo um pouco desestimulante. Muitas vezes acabamos vendo mais do mesmo e nada que possa nos acrescentar, algo realmente significativo para quem está assistindo.

Logicamente que isso varia de uma pessoa para a outra. Nem todo mundo gosta de ver filmes blockbusters, como o Vingadores ou Velozes e Furiosos, ou às vezes só quer mudar um pouco e assistir produções independentes que em geral não passam na maioria dos cinemas. O Cine Bangüe é o lugar perfeito para quem procura assistir filmes que não estão no circuito comercial de exibição. Sem querer menosprezar nenhum filme, até porque nós do Rota Principal, amamos cinema acima de tudo!

Com 120 lugares, sendo 4 reservados para cadeirantes, o Cine Bangüe exibe filmes nacionais e internacionais, sejam eles curtas-metragens, longas ou documentários, de vários gêneros. Com preços acessíveis, de R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira), o local aceita todos os públicos e fica localizado na avenida Abdias Gomes de Almeida, Tambauzinho, no Espaço Cultural.

Não estamos dizendo para vocês pararem de ir aos cinemas dos shoppings da cidade, é claro. Na verdade, estamos dando mais uma opção de entretenimento de qualidade. Provavelmente, deve ter alguém que está lendo este post e não sabia da existência do Cine Bangüe, e a nossa proposta é que vocês deem uma oportunidade de conhecer o espaço e conhecer obras de artistas e cineastas independentes do Brasil, que muitas vezes não são reconhecidos, mas que ajudam e muito a melhorar a imagem artística do país.



Infelizmente, ainda é muito burocrático produzir um filme e lançar ele em nosso país. É um processo longo e bastante árduo que exige bastante investimento. Ou seja, aqueles que procuram realmente produzir obras cinematográficas são pessoas apaixonados pelo que fazem e estão sempre em busca de aumentar o acervo cultural cinematográfico brasileiro. Por isso, não custa nada você valorizar o cinema nacional!

 

Confira a sinopse dos filmes que estarão em cartaz até o dia 30 de abril:

 

LOS SILENCIOS

Brasil/França | 2019 | 1h30min | Ficção | Vitrine Filmes

Direção: Beatriz Seigner

Classificação indicativa: 12 anos.

Elenco: Marleyda Soto, Enrique Diaz, María Paula Tabares Peña, Adolfo Savinvino, Astrid Fernanda López Martínez, Doña Albina, Yerson Castellanos, Heider Sanchez, Leidy Prieto Echeverry, Alida Pandurro e José Manuel Ortega.

SINOPSE: Nuria, Fábio e sua mãe Amparo (Marleyda Soto) chegam a uma pequena ilha no meio da Amazônia, na fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Eles fugiram do conflito armado colombiano onde o pai (Enrique Diaz) desapareceu. Certo dia, ele reaparece na nova casa de palafitas. A família é assombrada por esse estranho segredo e descobre que a ilha é povoada por fantasmas.

 

MUSSUM, UM FILME DO CACILDIS

Brasil | 2019 | 1h15min | Documentário | Elo company

Direção: Susanna Lira

Classificação indicativa: 10 anos.

Participações: Lázaro Ramos, Dedé Santana, Renato Aragão, Joel Zito Araújo, Milton Gonçalves, Jorge Coutinho.

SINOPSE: Um documentário que conta a trajetória do músico e comediante Antônio Carlos Bernardes, conhecido como Mussum, e também histórias mais pessoais do artista, como a paternidade e sua relação com a mãe Dona Malvina. Sua carreira iniciou como vocalista do grupo “Os Originais do Samba”, passando por atuações na TV e depois no cinema, como humorista e depois integrante de “Os Trapalhões”, grupo que revolucionou a forma de fazer humor na teledramaturgia brasileira.

 

FEVEREIROS

Brasil | 2019 | 1h13min | Documentário | ArtHouse

Direção: Marcio Debellian

Classificação indicativa: Livre.

Participações: Maria Bethânia, Caetano Veloso, Mabel Velloso, Leandro Vieira, Pai Pote, Squel Jorgea, Luiz Antonio Simas, Chico Buarque, Pai Gilson, Julia Basbaum, Nina Basbaum

SINOPSE: A partir do vitorioso carnaval da Mangueira em homenagem a Maria Bethânia, o filme percorre uma viagem entre Rio e Bahia, acompanhando a cantora no universo familiar, festivo e religioso que inspirou o enredo.



CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS

Brasil/Portugal | 2019 | 1h54min | Drama | Embaúba Filmes

Direção: João Salaviza, Renée Nader Messora

Classificação indicativa: 12 anos.

Elenco: Henrique Ihjãc Krahô, Kôtô Krahô

SINOPSE: Ihjãc é um jovem do povo Krahô, aldeia indígena localizada em Pedra Branca, no interior do Brasil. Depois de ser surpreendido pela visita do espírito de seu falecido pai, ele se sente na obrigação de organizar uma festa de fim de luto, comemoração tradicional da comunidade.

 

Programação desta semana no Cine Bangüe:

 

23/04 (Terça-feira)

19h: Chuva é cantoria na aldeia dos mortos

24/04 (Quarta-feira)

19h: Mussum

25/04 (Quinta-feira)

19h: Los Silencios

27/04 (Sábado)

16h: Fevereiros

18h: Chuva é cantoria na aldeia dos mortos

29/04 (Segunda-feira)

19h: Mussum

30/04 (Terça-feira)

19h: Fevereiros

 

*Isabelle Vasconcelos/Estagiária sob supervisão

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Saiba quais filmes na Netflix têm finais que vão explodir sua cabeça!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Deixe seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: