6 destinos que valem a pena visitar na baixa temporada

Os turistas brasileiros estão descobrindo as vantagens de viajar na baixa temporada. Os meses menos concorridos do ano já são a preferência de 30% dos viajantes, de acordo com a maior operadora de turismo da América Latina, e atraem, especialmente, quem deseja gastar pouco e ter tranquilidade.

Leia também: 5 dicas básicas de como tirar fotos sozinho em viagens

Viajar de março a junho ou de agosto a novembro pode gerar uma série de benefícios. O maior deles é preço. Períodos menos concorridos costumam ser sinônimo de passagens aéreas mais baratas, meios de hospedagem com desconto, alimentação e serviços turísticos a preços menores.



Em alguns destinos, o clima pode ser ainda melhor na baixa temporada, como nos Lençóis Maranhenses, ideal para se visitar de maio a setembro, depois da época das chuvas, quando as lagoas estão cheias. Já a perda de atrações na baixa, em tese uma desvantagem, em alguns casos pode ser compensada pelo ritmo tranquilo do destino, como revela o economista Fábio Dias. “Gosto de sentir a cidade, conversar com os moradores, sinto um clima artificial na alta temporada”, diz. “Além disso, pelo preço que pagaria na alta, viajo para dois destinos”, afirma.

Natal-RN
Natal (RN) Foto: Divulgação

Destino: Litoral nordestino / Período: agosto a novembro

Por que: os pacotes mais procurados do mercado são Fortaleza (CE), Porto Seguro (BA), Maceió (AL), Natal (RN) e Porto de Galinhas (PE). Além do clima quente praticamente o ano todo, o preço é atraente: na baixa temporada, os pacotes de viagem ficam em média de 30% a 50% mais baratos do que na alta.

Ouro-Preto-MG
Ouro Preto (MG) Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Cidades históricas de Minas Gerais (MG) / Período: abril a setembro

Por que: Em abril as chuvas diminuem no estado, sendo uma boa oportunidade para fazer uma viagem histórica pelo roteiro Minas Colonial, passando por Tiradentes, São João del-Rei, Ouro Preto e Mariana. As cidades guardam registros arquitetônicos do barroco, recontam a história do país e exibem monumentos de artistas como Aleijadinho. Se a viagem for mais curta, vale a pena conhecer o centro de Belo Horizonte e Brumadinho, onde fica o Instituto Inhotim, maior museu a céu aberto do mundo, que possui um acervo com mais de 500 obras.

Pantanal-MT
Pantanal (MT) / Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Pantanal (MS e MT) / Período: abril a setembro

Por que: os períodos de chuva e seca mudam completamente a paisagem pantaneira. Porém, se o objetivo do visitante é conhecer a fauna e a flora do local, observar pássaros, ter uma temperatura mais amena e noites mais estreladas, o melhor período para se conhecer a região é de abril até setembro, quando as águas começam a baixar, aumentando a visibilidade dos animais e vegetação local.

Lençóis-Maranhenses-MA
Lençóis Maranhenses (MA) / Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Lençóis Maranhenses (MA) / Período: maio a setembro

Por que: Após a estação chuvosa, as lagoas entre as dunas ficam cheias e exuberantes. O maior campo de dunas do Brasil é também um dos destinos preferidos para quem gosta de turismo de aventura e contato com a natureza. Para quem prefere caminhadas longas e interação com comunidades tradicionais, pode-se ter a experiência de pernoitar em vilarejos. Para conseguir descontos nessa época, a dica é planejar com pelo menos 60 dias de antecedência. O parque está inserido nos municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

Jalapão-TO
Jalapão (TO) Foto: Banco de imagem Mtur

Destino: Parque Estadual do Jalapão (TO) / Período: maio a setembro

Por que: é o período de seca em Tocantins, o que melhora o acesso ao parque e aos atrativos. O roteiro, que sai de Palmas e passa pelas cidades de Ponte Alta e Mateiros, costuma durar de três a cinco dias. Os principais atrativos são o Fervedouro, um poço de água cristalina onde os banhistas não afundam; as dunas e a cachoeira da Formiga. Porém os preços dos pacotes turísticos não costumam variar muito em relação à alta temporada.

Aldeia-do-Papai-Noel
Aldeia do Papai Noel Foto: Bruno Mello Teixeira

Destino: Serra Gaúcha (RS) / Período: Fevereiro a maio; segunda quinzena de agosto a outubro

Por que: A economia nessa época pode chegar a 40%. O movimento nas cidades é tranquilo e é possível conseguir descontos nos ingressos dos parques. Atrativos temáticos como a Aldeia do Papai Noel e o Parque de Neve funcionam diariamente ao longo do ano. Além de acontecer eventos na baixa temporada, como a Festa da Colônia em Gramado (agosto), a Festa da Uva, em Caxias do Sul (fevereiro e março), a Festa da Vindima em Bento Gonçalves e Garibaldi (janeiro a março), a Semana do Bebe de Canela (maio) e a Festa Nacional da Música de Gramado (outubro).

Por Amanda Lavor e Deborah de Salles Mtur



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Deixe seu comentário!
%d blogueiros gostam disto: