Trem da Serra do Mar Paranaense inova com varanda panorâmica

Quem embarcar no último vagão do trem turístico de passageiros da Serra do Mar Paranaense, terá como diferencial o aumento da sensação de integração com a natureza na descida da serra de Curitiba até a histórica cidade de Morretes (PR).  A varanda panorâmica do novo vagão fica nos fundos do trem com ampla vista do cenário natural da Mata Atlântica. O turista também pode optar por viajar sentado, apreciando a natureza de amplas janelas instaladas. O carro de luxo comporta 32 passageiros.

O trem chega a transportar 200 mil turistas por ano e conta com até 20 vagões por viagem, sendo seis de luxo com serviço de primeira classe: o vagão panorâmico; um vagão camarote; e o vagão imperial. Todos os espaços temáticos oferecem serviços diferenciados aos turistas. O carro original do vagão panorâmico é de 1954 e foi adquirido no Espírito Santo. O projeto retrofit foi inteiramente desenvolvido com materiais sustentáveis e madeira certificada.

“É preciso garantir a satisfação dos visitantes com serviços turísticos de qualidade e competitivos. A viagem de trem entre Curitiba e Morretes já é uma referência do turismo ferroviário brasileiro e continua inovando em mais de 20 anos de operações para atrair mais turistas ao Paraná”, disse o secretário nacional de Qualificação e Competitividade do Ministério do Turismo, Aluizer Malab. Ele ressaltou que as empresas devem seguir esse exemplo do turismo paranaense e investir em inovação e melhorias periodicamente, inclusive treinando os colaboradores para atender às novas demandas do turismo doméstico e internacional.



O carro foi batizado de Barão do Serro Azul em homenagem a um importante personagem da história política e econômica do Paraná, Ildefonso Pereira Correia, considerado o maior produtor de erva-mate do mundo. O poderoso Barão, que foi tema de livros e filme, foi assassinado no km 64 da ferrovia Paranaguá-Curitiba durante a Revolução Federalista.

O PASSEIO –  O trem turístico funciona há 22 anos na estrada de ferro que tem 134 anos e é localizada na maior área contínua de mata atlântica, declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera. Túneis, pontes, picos e montanhas enchem os olhos dos turistas ao longo de todo trajeto. Entre os destaques estão o Parque Estadual Marumbi, Cascata Véu da Noiva e a Ponte São João que, desde 1885, “tira” o fôlego dos viajantes que passam pelo seu vão livre de 110 metros de altura e que, agora, também pode ser apreciado diretamente da varanda do novo vagão. O passeio pela cidade histórica de Morretes inclui um almoço típico, onde o prato principal é o tradicional barreado. O retorno pode ser de trem com direito ao Pôr do Sol subindo a serra ou pela Estrada da Graciosa. O caminho colonial segue uma trilha da época dos tropeiros. O roteiro histórico é florido e sinuoso com seis mirantes e áreas de refúgio.

 

*Geraldo Gurgel/Ministério do Turismo

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Viagem: Praias para surfar e perfeitas viajar pelo Brasil

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Grupo leva o espetáculo ‘João e Maria’ para a Praça da Independência

A programação do AnimaCentro na Praça da Independência recebe, neste domingo (31), o grupo teatral Cara Dupla, com o espetáculo ‘João e Maria. O local já se tornou um espaço garantido para o incentivo à cultura teatral e de circo. A peça inicia às 16h e é gratuita. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope).

O espetáculo é assinado pelo diretor Romildo Rodrigues.  A peça mostra a história de João e Maria, que são dois irmãos presos no quarto. Os irmãos têm o desafio de montar uma esquete teatral para recuperar uma nota baixa, justamente na semana internacional que é comemorado o Dia do Teatro. A emoção e adrenalina vão tomar da apresentação, dando vida a narrativa do grupo Cara Dupla.

“Esse é um espetáculo belíssimo, que incentiva também as crianças a escreverem, a leitura, a cultura. Temos certeza que será emocionante e vamos interagir bastante com o público, fazendo um espetáculo que agrade todos os presentes”, disse o diretor e ator, Romildo Rodrigues.

Entram em cena os atores Robson Oliver, que interpreta João, Carol Meireles, que dá vida a personagem Maria, e Signey Ruffino, que será o pai dos irmãos. A peça teatral tem duração de 60 minutos e é aberta para todos os públicos.  

O grupo – O Coletivo Cara Dupla montou diversos espetáculos, com destaque para os infantis “Espantaram o Espantalho” (2009), “Scooby Doo” (2010), “O Pequeno Príncipe” (2016), “A Cigarra e a Formiga” (2017) e deve estrear “Meu Boneco de Lata” e “O Cordel do Leão Medroso”, que fazem parte de uma trilogia sobre Oz. No ano passado, o grupo foi premiado no Festival de Teatro de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, com o espetáculo “O Surto”.

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Restaurante Tramonto Wine Bar recebe shows de jazz neste fim de semana

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Viagem: Conheça a praia vermelha em cabedelo e outros destinos

O Brasil, extenso em dimensão territorial, também é um gigante quando o assunto é a autenticidade e diversidade dos seus atrativos. São atributos que incentivam os turistas a “desbravarem” o país em busca das peculiaridades que só o território nacional tem. A Agência de Notícias do Turismo selecionou alguns pontos turísticos curiosos, daqueles que valem a viagem, e lança o desafio: qual deles você vai visitar em 2019?

foto-cajueiro-de-pirangi-em-natal-brasil-8558
Foto: Guia Viagens Brasil

É CAJU PRA MAIS DE METRO! A imensidão do verde em um dos pontos turísticos de Parnamirim (RN) traz a impressão de que o turista está visitando uma verdadeira floresta em meio à cidade. Mas não se engane! O local é abrigo de uma única árvore: “O Maior Cajueiro do Mundo”. A gigantesca planta, que ocupa 8.500 metros de extensão, cresceu mesmo além do normal.

Cientistas explicam que o “super cajueiro” contém anomalias genéticas que fizeram com que seus galhos crescem para baixo, atingissem o solo e se ramificassem. O tamanho da planta também é compatível com a beleza que o ponto turístico oferece ao visitante. A estrutura é composta por trilha, acesso à internet, espaço que narra a história da árvore e um incrível mirante.

O turista ainda tem acesso a artesanato e delícias feitas com caju, que, aliás é produzido em larga escala pelo Maior Cajueiro do Mundo: são cerca de 80 mil cajus por safra, o que dá mais de 2 toneladas e meia da fruta. Para se ter uma ideia, se comparar com o tamanho e a produção de um cajueiro convencional, equivaleria a 70 árvores destas ocupando um mesmo espaço.



DSC_0078_e
Foto: Divulgação

PISCININHA [DE BRASIL], AMOR! Uma piscina natural na ilha de Areia Vermelha, em Cabedelo (PB), está entre as curiosidades do destino por ter o contorno do mapa do Brasil. Os “buracos” desenhados pelos arrecifes no mar, carinhosamente chamados de piscinas naturais, são, por si só, um convite para não querer mais ir embora dali – as águas são mornas, em tons de verde e os peixinhos não têm nenhum receio de se aproximar dos visitantes. Para chegar a esse mapa, o turista precisa ir de catamarã, barco ou lancha até a ilha, um deslocamento de 20 a 30 minutos a depender do tipo da embarcação. Chegando lá, encontrará uma estrutura com bar e restaurante para se divertir durante a maré baixa.

1200px-Bauru
Foto: Divulgação

SANDUÍCHE COM NOME DE CIDADE – Se é gastronomia com fartura que você quer, então faça as malas e vá para Bauru (SP) experimentar o “sandubão” que enche as mesas da cidade e aguça, ainda mais, a vontade de viajar pelo Brasil. O lanche, que leva o nome da cidade, foi popularizado graças à fome de um bauruense que estudava na capital do estado.

Casemiro Pinto Neto, conhecido como “o Bauru”, era estudante de Direito e foi matar a fome em uma lanchonete. Durante a preparação do alimento, sugeriu uma combinação dos ingredientes por ele formulada – mistura de pão francês (também conhecido como “de sal” ou “cacetinho”), queijo, carne e tomate. Na mesma noite, outros frequentadores pediram o novo sanduíche, dizendo que queriam “igual ao do Bauru”. E assim nascia um dos mais famosos lanches do Brasil, hoje conhecido nacional e internacionalmente.

A cidade virou especialista no lanche e atualmente oferta, por meio do Conselho Municipal de Turismo de Bauru (COMTUR) e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, a outorga do selo de Certificação do Sanduíche Bauru para os estabelecimentos que produzem e comercializam o Sanduíche Bauru Tradicional.

1442494363
Foto: Guia do Turismo Brasil

ELDORADO EXISTE E É NO BRASIL – A época da colonização na América trouxe o sonho do desbravamento em busca de ouro, criando a lenda de Eldorado, uma cidade perdida em meio às matas e construída com ouro. Até hoje não encontraram a tal “cidade dourada”, mas o legado deixado pela história criou vários municípios reais intitulados “Eldorado”. Um deles está em São Paulo, na Estância Turística de Eldorado, localizado no Vale da Ribeira.

Talvez o viajante não encontre ouro para levar para casa, mas a certeza de que trará na bagagem uma rica experiência turística vai fazer com que a cidade fique na memória. Com mais 70% de área coberta por Mata Atlântica intacta, o município traz riquezas naturais em seu território, como a Caverna do Diabo (ou Gruta da Tapagem), uma das mais bonitas do mundo. São oito quilômetros de extensão mapeados, sendo 600 metros com estrutura turística que proporciona ao viajante desbravar a imensidão e beleza da natureza geológica.

 

*Nayara Oliveira/Ministério do Turismo

Edição: Vanessa Sampaio

 

Leia também: Viagem: Conheça lugares no Brasil com grafites legais para tirar fotos

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Palhaços Pipoca e Sorrisinho trazem espetáculo ‘Desequilíbrio’ na Villa Sanhauá

A Villa Sanhauá, no Centro Histórico da Capital, recebe um espetáculo com vários números de circo neste domingo (31). Os palhaços Pipoca e Sorrisinho vão alegrar a criançada com o espetáculo ‘Desequilíbrio’, a partir das 16h. A programação faz parte das atividades do projeto AnimaCentro, que é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope). A entrada é gratuita e aberta para todos os públicos.

Desequilíbrio é um espetáculo que vai contar a história de um vendedor de pipocas que resolve ficar no local onde iria ter uma apresentação de um circo, mas como os participantes faltaram, ele resolve se apresentar e pede ajuda de uma auxiliar. No enredo, o palhaço Pipoca e Sorrisinho vão trazer vários números de circo, como o malabarismo, monociclos, equilibrismo e muita brincadeira.

palhaço
Foto: Divulgação

Se apresentando como palhaço desde 2014, o artista Jonathan Silva, que interpreta o palhaço Pipoca, disse que o público pode esperar um espetáculo que faz um resgate a cultura do circo. “Com tantas drogas e violência, queremos mostrar que a felicidade pode ser encontrada nos simples momentos e que o caminho da arte é sempre o melhor, então, o circo pode levar a cultura de paz, da educação, com alegria”, disse.



 

Serviço:

Apresentação do espetáculo ‘Desequilíbrio’

Local: Villa Sanhauá

Dia: Domingo (31)

Hora: A partir das 16h

Classificação indicativa: Livre

Evento gratuito

 

*Rômulo Teodorico/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Calliandra Andrade se apresenta neste sábado na Praça Rio Branco

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Banda 5 de Agosto se apresenta no Centro Cultural Ariano Suassuna

A Banda 5 de Agosto se apresenta neste sábado (30), às 18h, no Auditório Celso Furtado do Centro Cultural Ariano Suassuna, no primeiro Concerto Oficial do ano. A apresentação é fruto de uma parceria entre a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), através do Centro Cultural Ariano Suassuna. A entrada é gratuita

A Banda 5 de Agosto será regida pelo maestro Adelson Machado, regente titular, e pelo maestro assistente, Rogério Borges, que preparam um repertório diversificado, que inclui ‘Bachianas nº 5’ (Heitor Villa-Lobos), ‘Os amantes da Lua’ (Joaquim Pereira), ‘Em algum lugar do passado’ (John Barry), ‘Travessia’, (Milton Nascimento e Fernando Brant). ‘O bêbado e a equilibrista’ (João Bosco e Aldir Blanc), dentre outras músicas.

Segundo o maestro Rogério Borges, o repertório foi pensado para contemplar artistas do Brasil e de outros países. “Preparamos um repertório com músicas de compositores brasileiros e internacionais, incluindo canções da nossa música popular, conhecidas do público como ‘Travessia’, ‘O bêbado e a equilibrista’, ‘Over the Rainbown’ e outras”, disse.



A banda – A Banda 05 de Agosto fez sua primeira apresentação em julho de 1964, na abertura da Festa das Neves, mas só foi oficializada três meses depois, tendo como primeiro regente o maestro João Emídio de Lucena. Em mais de 50 anos de atividades, já foi administrada pela Secretaria de Turismo, Guarda Municipal e desde de 2005 é administrada pela Funjope. Conta atualmente com 53 músicos, incluindo seu regente titular, o maestro Adelson Machado, que participou da fundação da banda, e o maestro Rogério Borges, regente assistente.

Serviço

Concerto da Banda 5 de Agosto

Local: Centro Cultural Ariano Suassuna (R. Prof. Geraldo Von Sohsten, 147 – Jaguaribe, anexo ao TCE)

Data: Sábado (30)

Hora: 18h

Classificação: Livre

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Casa da Pólvora recebe Romero Ferro e Miss Paraíba Gay Universo

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Os Três do Xamego e Forró Maruá se apresentam na Feirinha de Tambaú

Integrando a programação de lazer da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), neste sábado (30), dando continuidade a programação do projeto ‘Forró na Feira’, os grupos ‘Os Três do Xamego’ e ‘Forró Marruá’ se apresentam gratuitamente na Feirinha de Tambaú. A partir das 20h, quem passar pelo local vai poder aproveitar o melhor do forró.

O projeto é uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), em parceria com o Fórum Forró de Raiz.

O grupo de forró ‘Os Três do Xamego’, um dos mais antigos da Paraíba, é formado por Zé Cardoso (sanfona), Arimatéia (vocal e triângulo), Zabumba (Silvinho) e Carlinhos (triângulo). Com mais de 20 anos de carreira, o grupo, liderado por Arimatéia, que também compõe, pode ser apreciado em casas de shows e festas em toda a região Nordeste. “Estamos honrados com o convite para participar do evento e já preparamos um repertório especial para o público arrastar o pé”, ressalta Arimatéia.

O Forró Marruá é composto por Raniere Azevedo (violão e cavaquinho), Edra Veras (cantora), Sandrinho do Pam (percussão), Roninho Santos (Sanfona), Maria Clara (zabumba), Raniere Travassos (contrabaixo), Darlan Thiago (técnica). Ano passado, o grupo foi o vencedor do Festival do Forró realizado no Maior São João do Mundo, em Campina Grande.



Forró na Feira – O projeto vem há mais de um ano levando atrações gratuitas para a população, incentivando o trabalho de artistas locais e fomentando a cultura regional. “Unimos o ritmo contagiante do forró, que além de tudo é característico da nossa cultura, aos atrativos turísticos existentes na Feirinha e o resultado tem sido extremamente positivo. Fomentamos a nossa cultura e incentivamos o trabalho dos nossos artistas”, destacou Maurício Burity, diretor executivo da Funjope.

 

Serviço:

Forró na Feira

Data: sábado (30)

Horário: 20h

Local: Feirinha de Tambaú

Classificação indicativa: Livre

Entrada gratuita

 

*Carolina Queiroz/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia mais: Casa da Pólvora recebe Romero Ferro e Miss Paraíba Gay Universo

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Casa da Pólvora recebe Romero Ferro e Miss Paraíba Gay Universo

Depois de uma temporada de shows no Sudeste, o cantor Romero Ferro se apresenta em neste domingo (31), a partir das 16h30, no Centro Cultural Parque Casa da Pólvora, em mais uma edição do Pólvora Cultural, que terá ainda a apresentação do Miss Paraíba Gay Universo. O Pólvora Cultural é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), e faz parte do AnimaCentro.

Uma das revelações da nova geração de cantores e compositores brasileiros, Romero Ferro vai mostrar novas canções, como ‘Acabar a brincadeira’, lançada recentemente na Semana de Internacional de Música de São Paulo, quando foi contemplado com o prêmio de Melhor Música com ‘Pra te conquistar’, concorrendo com nomes como Elza Soares, Pablo Vittar e outros nomes em votação popular.

Aliás, ‘Pra te conquistar’, lançada no ano passado, ficou entre as principais brasileiras no Spotify e já chegou à marca de mais de meio milhão de reproduções na plataforma. Romero Ferro também participou no primeiro Youtube Next UP para artistas, que aconteceu no Youtube Space Rio. O pernambucano foi um dos 12 artistas selecionados dentre centenas que se inscreveram no País inteiro.

Nascido em Garanhuns-PE, Romero Ferro estreou no cenário musical m 2013 com o EP “Sangue e Som”. O primeiro disco de Romero Ferro, “Arsênico”, lançado em 2016, rendeu notoriedade ao cantor. O álbum lhe proporcionou uma indicação de “melhor cantor popular” no Prêmio da Música Brasileira de 2017.

Miss Paraíba Gay Universo – Após o show de Romero Ferro, haverá o lançamento do Miss Paraíba Gay Universo, com participação de representantes de 13 candidatas, representando de Baía da Traição, Barra de Santa Rosa, Bayeux, Cabedelo, Campina Grande, Cruz do Espírito Santo, Cubati, Esperança, Guarabira, João Pessoa, Pocinhos, Santa Rita e Sousa, além de outras cidades. O evento contará ainda com as participações especiais da DJ Lola Winddy e DJ Dantrão,

A final do Miss Paraíba Gay Universo, que tem apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa, será realizada no dia 13 de abril, às 19h, no Theatro Santa Roza, com participação das 13 candidatas e de artistas como Panda Toy, Ruby Nox, Jullya Princess, Jairo Sva, Thallyta Marchiori e Natasha Rachelly e Light – da dupla com Diet –, que farão performances.



 

Serviço

Pólvora Cultural

Atrações: Romero Ferro + Miss Paraíba Gay 2019

Local: Centro Cultural Casa da Pólvora (Ladeira de São Francisco, s/n – Centro)

Dia: Domingo (31)

Hora: 16h30

Classificação: 16 anos

Evento gratuito

 

*Juneldo Moraes/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Calliandra Andrade se apresenta neste sábado na Praça Rio Branco

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Restaurante Tramonto Wine Bar recebe shows de jazz neste fim de semana

O restaurante Tramonto Wine Bar é mais uma opção gastronômica na cidade para quem está à procura de um espaço que une não somente a culinária, mas também uma boa música. Na sexta e no sábado a casa retorna à programação do “Música Boa ao vinho’, um projeto autoral que visa dar reconhecimento para bandas e cantores da cidade.

Sempre com gêneros musicais que compõem o estilo do espaço, como o Jazz, Blues, Soul, Rock, Pop, as apresentações da casa são releituras de grandes sucessos dos ritmos. Na gastronomia há pratos internacionais como o Polpetone Tradicional, Bombom de Filé Mignon, Steak Tartare, Antepastos, dentre outros, além de uma carta de vinhos com variadas opções.

O WMC Music será a atração desta sexta-feira (29) na programação musical do Tramonto. Com o especial Jazz Contemporâneo o grupo pretende unir o ambiente intimista com a música que trará mais harmonização. Com composições autorais, o grupo instrumental também trará releituras do Samba, Baião e Bossa Nova, além das músicas do Tom Jobim e Sivuca. A banda é formada por Sérgio Galo no contrabaixo, Glauco Andrezza na bateria, Anderson Mariano na guitarra e o Emanuel no trompete.



No sábado teremos o grupo Four Jazz com o especial Jazz Contemporâneo, que interpretará músicas não somente de jazz, mas também o Fusion e Bossa Nova. A banda é formada por Costinha no sax, Lula Nicácio na bateria, Ricardo Brito no teclado e Rainere Travessos no baixo. Os integrantes são bastante conhecidos na cidade por se apresentarem em vários locais de João Pessoa.

Todas as apresentações têm início às 21h. O Tramonto Wine Bar fica localizado na Rua Franca Filho, 208, Manaíra. O Couvert artístico custa R$20.

 

Confiram um pouquinho neste vídeo abaixo como são as apresentação no Tramonto Wine Bar!

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Série de vídeos que produzimos para o @rotaprincipal em parceria com o @tramontowinebar. Entrevistas com os artistas que se apresentam na casa 🎼🎤🎷🎻 #músicaboaaovinho

Uma publicação compartilhada por 229 Estúdio Criativo (@229estudio) em

Serviço:

Show: WMC Music – Especial Jazz Contemporâneo

Sexta-feira, 29 de março, às 21h

Couvert artístico: R$ 20

Tramonto Wine Bar | Rua Franca Filho, 208, Manaíra

 

Show: Four Jazz – Especial Jazz Contemporâneo

Sábado, 30 de março, às 21h

Couvert artístico: R$ 20

Tramonto Wine Bar | Rua Franca Filho, 208, Manaíra

 

*Isabelle Vasconcelos/Estagiária sob supervisão

Foto destaque: Pixabay

 

Leia mais: Calliandra Andrade se apresenta neste sábado na Praça Rio Branco

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Calliandra Andrade se apresenta neste sábado na Praça Rio Branco

A cantora Calliandra Andrade se apresenta neste sábado (30), a partir das 12h30, na Praça Rio Branco, encerrando a programação do Sabadinho Bom do mês de março. O Sabadinho Bom é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope). O show é gratuito e faz parte do AnimaCentro.

No repertório, um desfile de canções passando pela Bossa Nova, Jazz, entre outros gêneros. Não vai faltar Chico Buarque, Caetano Veloso, Gonzaguinha, Rita Lee, entre outros grandes nomes da safra musical brasileira.

A cantora – Filha de um pesquisador da música, irmã de um músico autodidata, Calliandra Andrade canta desde a infância, mas só começou a cantar profissionalmente em 2002. Construiu um repertório com grandes clássicos da Música Popular Brasileira com o qual vem fazendo shows em várias cidades.

O projeto – O Sabadinho Bom faz parte do AnimaCentro, que tem como objetivo ocupar os espaços históricos revitalizados pela atual gestão com uma programação cultural diversificada no Parque da Lagoa, Praça da Independência, Hotel Globo, Praça Rio Branco, Pavilhão do Chá, Centro Cultural Casa da Pólvora, Casarão 34 e Praça Antenor Navarro.

Assista a uma apresentação da cantora logo abaixo:



 

Serviço:

Sabadinho Bom

Atração: Calliandra Andrade

Local: Praça Rio Branco

Dia: Sábado (30)

Hora: 12h30

Classificação indicativa: 14 anos

Evento gratuito

 

*Antonio Vicente Filho/Secom-JP

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Dyógenes Chaves abre temporada 2019 na Galeria Archidy Picado

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Parque Nacional das Emas: aventura e ecoturismo no coração do Brasil

O Parque Nacional das Emas, em Goiás, repleto de vida silvestre. A viagem de 700 km por asfalto até Chapadão do Céu (GO) e mais 30 km de estrada de terra até a entrada do parque, pelo Portão do Bandeira, já no município de Costa Rica (MS), compensou a motivação dos aventureiros para curtir a natureza em um destino ainda pouco explorado do Brasil.

A observação de aves e animais típicos do Cerrado é o principal atrativo do parque. Entre os bichos mais avistados, destacam-se macacos, tamanduás-bandeira, porcos-do-mato, lobos-guará, emas, antas, veados-campeiros e até onças (pintada e parda). São 354 km de trilhas, sendo algumas autoguiadas e outras com acesso apenas na presença de guias credenciados. Durante o passeio, os turistas podem descer do carro e andar a pé para observar os bichos de grande ou pequeno portes, os cupinzeiros gigantes espalhados por todo o parque, bem como inúmeras espécies de plantas e flores, além dos mirantes para descortinar a beleza cênica da área protegida.

vagalumes
Foto: Divulgação

BIOLUMINESCÊNCIA – O período de maior visitação do parque ocorre entre os meses de outubro e novembro. É quando turistas do mundo inteiro acompanham o fenômeno natural da bioluminescência, quando os ovos de vaga-lume depositados nos cupinzeiros eclodem e as larvas, em busca de alimento, se iluminam ao anoitecer para atrair outros insetos. Cada cupinzeiro iluminado lembra uma árvore de Natal ou um prédio com as luzes acesas. “O conjunto formado por milhares de cupinzeiros brilhando deixa a unidade de conservação com um aspecto semelhante às luzes de uma grande cidade, criando um cenário mágico e de encher os olhos dos turistas”, disse o guia de turismo Nélio Carrijo, reforçando que o período é um convite para visitar o parque.



Também é possível percorrer as trilhas de bicicleta ou no carro safári com capacidade para 20 turistas, onde os assentos são dispostos em forma de arquibancada para facilitar o avistamento de animais. O passeio, com duração de até 8 horas, também pode ser realizado à noite para observação de animais com hábitos noturnos. Alguns já estão até familiarizados com a presença de turistas e costumam visitar a área do acampamento, inclusive aves de maior porte como os mutuns. Impossível mesmo, apesar do cansaço depois de tanta aventura, é não acordar cedo com a revoada das araras anunciando a alvorada e despertando os turistas para mais um safári logo ao amanhecer.

Ainda dentro do parque é possível descer o rio Formoso de bote por cerca de 8 km. O passeio dura em média 2 horas. O trajeto pode ser feito, com ou sem flutuação, com equipamento de mergulho. O visitante vai descendo de bote e pode mergulhar em pontos específicos, seguindo a orientação do instrutor. Para o pequeno Miguel Felício, de 7 anos, que estreou em um acampamento na companhia dos pais, essa foi a melhor parte da aventura. É que durante o passeio, o bote da família cruzou com macacos e até com uma serpente. “Eu gostei de tudo, mas nunca tinha visto uma cobra tão grande de perto”, disse. Outra opção é descer o rio Formoso de boia cross, com duração aproximada de 40 minutos, em um trecho com maior intensidade de corredeiras.

 

*Por Geraldo Gurgel/Ministério do Turismo

Edição: Vanessa Sampaio

Foto destaque: Divulgação

 

Leia também: Viagem: Destinos nacionais famosos que estão em alta em 2019

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3