6 outros serviços de streaming de filmes para além da Netflix

Nem só de Netflix vive o homem. Volta e meia o serviço de streaming mais popular no Brasil tira alguns filmes e séries do seu catálogo. Quem nunca adicionou um filme à sua lista para ver mais tarde e, dias ou semanas depois, o filme havia saído do serviço? Apesar de ser uma plataforma bem completa, mas existe uma infinidade de opções internet à fora. Confira mais 6 serviços de streaming de filmes pra você assinar.



Philos

O Philos é pra quem ama documentários. São muitas as categorias de assuntos: arte, ciência, história, biografias, além de espetáculos de balé e música. Há condições especiais para assinantes do Globo.com e para clientes Vivo e NET. A assinatura mensal é de R$9,90 pelos 12 primeiros meses.

 

Crunchyroll

Se você ama animes japoneses, essa é uma ótima opção. O site tem bastante conteúdo gratuito, mas quem assina a modalidade premium tem a vantagem de ver as novidades uma hora após a transmissão japonesa, ter acesso a todos os animes da plataforma em alta qualidade de imagem. A assinatura custa $4,99 dólares por mês.

 

Viki

Nessa mesma proposta, o site Viki tem uma grande disponibilidade de filmes, séries e programas de TV asiáticos do Japão, Coreia, China e Taiwan. São oferecidos três planos diferentes, de $9,99 a $99,99 dólares por ano.

streaming-1



Prime Video

A Amazon também dispõe de um serviço de streaming de filmes, que pode ser adquirido por R$7,90 por mês pelos seis primeiros meses. Assim como a maioria desses serviços, o conteúdo pode ser acessado por tablet ou celular. É possível também baixar filmes para assistir ofline.

 

Looke

O Looke não cobra mensalidade de seus usuários, mas você tem que alugar ou comprar os filmes individualmente. É uma boa pra quem não assiste com tanta frequência, ou se você deseja ver um filme que não está disponível na plataforma do serviço de streaming que você usa normalmente.

 

Google Play Filmes

O Google tem um serviço também sem mensalidade. Você pode alugar ou comprar um filme por preços variados. Geralmente, os lançamentos são um pouco mais caros. Os Incríveis 2, por exemplo, que ainda está em cartaz nos cinemas, custa R$34,90 para ser encomendado.

 

*Todos os preços foram pesquisados em 31/07/18.

 

Leia mais Hannah Gadsby: Nanette é tudo o que você precisa ver na Netflix!

 

Por Larissa Rodrigues: desenhista do @be.my.type, internacionalista e mestranda de Relações Internacionais da UEPB. Adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Hannah Gadsby: Nanette é tudo o que você precisa ver na Netflix!

Talvez você já tenha visto o nome Hannah Gadsby passando pela timeline de alguma rede social. Nas últimas semanas, a comediante australiana conquistou o mundo com o stand up Nanette, lançado pela Netflix.

Acontece que Hannah Gadsby: Nanette é muito mais do que um especial de comédia. Ele é algo entre drama, comédia, crítica e uma dúzia de verdades intragáveis jogadas na nossa cara em 1h09 de duração. Em suma, é tudo o que você precisa ver hoje!

Hannah é lésbica e cresceu na Tasmânia, Austrália, onde a homossexualidade era crime até 1997. Durante a apresentação, ela conta como foi difícil sair do armário em um ambiente tão preconceituoso e homofóbico. A princípio, ela faz piadas sobre sua condição de lésbica, mas aos poucos o tom do espetáculo muda para crítica a partir da revelação de que pretende largar comédia.



nanette

Como muitos comediantes, Gadsby fez carreira com o humor autodepreciativo, em que ela fazia piadas sobre a sua condição. Mas com o tempo, ela conta, aquilo se tornou pauta para discussões internas. Ao fazer humor em cima das situações que sofre no dia a dia, ela acredita ser uma forma de se humilhar e diminuir a sua vivência. Pois, como a própria humorista conta, as piadas nunca abordam os fins trágicos das situações de preconceito.

Com tiradas ácidas e muitas vezes emocionantes, Hannah esmiunça exemplos na história da arte de como as mulheres são vistas através dos tempos como papéis inferiores aos homens. Até Pablo Picasso entra na mira da humorista, que critica as celebridades que possuem voz e escolhem o caminho da misoginia e do preconceito.

Se Hannah Gadsby vai de fato largar a comédia logo agora que Nanette é um sucesso mundial, nós não sabemos. Mas o fato é que ela teve coragem de eternizar em piadas ácidas muitas verdades que pairam nas entrelinhas do nosso dia a dia, em tempos de feminismo e movimentos LGBT. Certamente uma aula de sociedade que todos nós, em especial os homens brancos heterossexuais (como ela mesma diz) precisamos ouvir!

 

*por Érica Rodrigues, jornalista formada pela UFPB que ama cinema, viagens, livros, filmes e escrever sobre o que mais ama!



Leia mais –  Julie & Julia: um filme sobre encontrar o seu próprio caminho 

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Projeto Acesso Cidadão faz da praia um ambiente inclusivo

Quem já passou pela praia do Cabo Branco, em João Pessoa-PB, aos sábados de manhã, deve ter visto uma equipe enorme ajudando as pessoas com deficiência a desfrutar do banho de mar e de sol. Trata-se de um grupo de voluntários que promove a acessibilidade na praia. O Acesso Cidadão (@acessocidadaotrabalha das 8h30 até as 12h, em frente à Casa de José Américo.

A equipe é formada por voluntários, que podem ter qualquer formação (ou mesmo nenhum estudo). O importante é levar respeito e vontade de ajudar. O projeto conta com cadeiras anfíbio, que se locomovem bem na areia e na água. As pessoas com mobilidade reduzida não precisam se preocupar, porque os voluntários acompanham todo o trajeto. A piscina de água doce e a quadra de vôlei sentado são outras opções de diversão. Tem também uma cobertura que permite a interação entre todos.



WhatsApp-Image-2018-07-28-at-13.34

A regra lá é que ninguém será excluído. Podem participar pessoas da terceira idade, surdos, cadeirantes, autistas, ou qualquer pessoa em vulnerabilidade física. Por isso, além do projeto da praia, eles também promovem arrecadação de doações para instituições de caridade, e dinheiro para a compra de cadeiras de rodas.

O Acesso Cidadão faz parte da Assessoria e Consultoria para Inclusão Social (AC Social), criada em 2011. É uma instituição sem fins lucrativos que atua na promoção e defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Seu fundador foi Genilson Machado, que também coordena o projeto da praia. Além de incentivar o debate em sociedade sobre a inclusão, eles fazem assessoria na execução projetos do setor público ou privado que possibilitem a reintegração e a socialização das pessoas com deficiência e ou mobilidade reduzida.



WhatsApp-Image-2018-07-28-at-13.31

Frequentemente a AC Social também promove trilhas acessíveis e até um rally! São atividades de lazer e esporte totalmente abertos à inclusão. Ficou interessado? Visite o projeto!

 

Leia mais – 6 destinos que valem a pena visitar na baixa temporada

 

Por Larissa Rodrigues: desenhista do @be.my.type, internacionalista e mestranda de Relações Internacionais da UEPB. Adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

MIS apresenta os bastidores do suspense em exposição de Hitchcock

Um dos maiores nomes do cinema, Alfred Hitchcock tem seu universo de suspense desvendado em exposição no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo. A mostra, concebida e desenvolvida pelo museu, apresenta o processo criativo do diretor através de fotos, manuscritos, storyboards, croquis, cartazes, matérias de jornais e revistas, além de extenso material audiovisual organizado em 20 salas diferentes, que ocupam os dois andares do MIS.

Hitchcock é autor 53 longas ao longo de 45 anos de carreira, em que acumulou o título de “mestre do suspense”. A partir da filmografia do diretor, o público da exposição pode se aproximar dos bastidores de grandes filmes como “Psicose”, “Um Corpo que Cai” e “A Dama Oculta”. Através da mostra, é possível perceber como Alfred Hitchcock era um cineasta completo, que participava de todos as etapas da feitura de seus filmes.

A expografia de Hitchcock – Bastidores do suspense foi desenvolvida pelo curador André Sturm, ex-diretor do museu e secretário municipal de Cultura de São Paulo, ao lado do Atelier Marko Brajovic – também responsáveis pelo projeto arquitetônico das mostras de David Bowie, François Truffaut e Renato Russo.



exposição-de-hitchcock

Para enriquecer ainda mais a experiência dos visitantes, o MIS preparou uma playlist da exposição, que conta com informações que permeiam toda a carreira do cineasta e trilhas sonoras de seus filmes. A playlist está disponível no perfil do MIS no Spotify, que também oferece wi-fi gratuito para os visitantes do museu.

 



Hitchcock – Bastidores do Suspense

Quando? 13 de julho a 21 outubro

Terça a sábado das 10h às 21h; domingos e feriados das 9h às 19h

Onde? MIS – Museu da Imagem e do Som (Av. Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo/SP)

Ingressos à venda na bilheteria do museu e pelo site www.mis-sp.org.br

 

Leia mais – Você precisa conhecer esses canais de Youtube sobre cinema!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

6 destinos que valem a pena visitar na baixa temporada

Os turistas brasileiros estão descobrindo as vantagens de viajar na baixa temporada. Os meses menos concorridos do ano já são a preferência de 30% dos viajantes, de acordo com a maior operadora de turismo da América Latina, e atraem, especialmente, quem deseja gastar pouco e ter tranquilidade.

Leia também: 5 dicas básicas de como tirar fotos sozinho em viagens

Viajar de março a junho ou de agosto a novembro pode gerar uma série de benefícios. O maior deles é preço. Períodos menos concorridos costumam ser sinônimo de passagens aéreas mais baratas, meios de hospedagem com desconto, alimentação e serviços turísticos a preços menores.



Em alguns destinos, o clima pode ser ainda melhor na baixa temporada, como nos Lençóis Maranhenses, ideal para se visitar de maio a setembro, depois da época das chuvas, quando as lagoas estão cheias. Já a perda de atrações na baixa, em tese uma desvantagem, em alguns casos pode ser compensada pelo ritmo tranquilo do destino, como revela o economista Fábio Dias. “Gosto de sentir a cidade, conversar com os moradores, sinto um clima artificial na alta temporada”, diz. “Além disso, pelo preço que pagaria na alta, viajo para dois destinos”, afirma.

Natal-RN
Natal (RN) Foto: Divulgação

Destino: Litoral nordestino / Período: agosto a novembro

Por que: os pacotes mais procurados do mercado são Fortaleza (CE), Porto Seguro (BA), Maceió (AL), Natal (RN) e Porto de Galinhas (PE). Além do clima quente praticamente o ano todo, o preço é atraente: na baixa temporada, os pacotes de viagem ficam em média de 30% a 50% mais baratos do que na alta.

Ouro-Preto-MG
Ouro Preto (MG) Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Cidades históricas de Minas Gerais (MG) / Período: abril a setembro

Por que: Em abril as chuvas diminuem no estado, sendo uma boa oportunidade para fazer uma viagem histórica pelo roteiro Minas Colonial, passando por Tiradentes, São João del-Rei, Ouro Preto e Mariana. As cidades guardam registros arquitetônicos do barroco, recontam a história do país e exibem monumentos de artistas como Aleijadinho. Se a viagem for mais curta, vale a pena conhecer o centro de Belo Horizonte e Brumadinho, onde fica o Instituto Inhotim, maior museu a céu aberto do mundo, que possui um acervo com mais de 500 obras.

Pantanal-MT
Pantanal (MT) / Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Pantanal (MS e MT) / Período: abril a setembro

Por que: os períodos de chuva e seca mudam completamente a paisagem pantaneira. Porém, se o objetivo do visitante é conhecer a fauna e a flora do local, observar pássaros, ter uma temperatura mais amena e noites mais estreladas, o melhor período para se conhecer a região é de abril até setembro, quando as águas começam a baixar, aumentando a visibilidade dos animais e vegetação local.

Lençóis-Maranhenses-MA
Lençóis Maranhenses (MA) / Foto: Banco de Imagem Mtur

Destino: Lençóis Maranhenses (MA) / Período: maio a setembro

Por que: Após a estação chuvosa, as lagoas entre as dunas ficam cheias e exuberantes. O maior campo de dunas do Brasil é também um dos destinos preferidos para quem gosta de turismo de aventura e contato com a natureza. Para quem prefere caminhadas longas e interação com comunidades tradicionais, pode-se ter a experiência de pernoitar em vilarejos. Para conseguir descontos nessa época, a dica é planejar com pelo menos 60 dias de antecedência. O parque está inserido nos municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz.

Jalapão-TO
Jalapão (TO) Foto: Banco de imagem Mtur

Destino: Parque Estadual do Jalapão (TO) / Período: maio a setembro

Por que: é o período de seca em Tocantins, o que melhora o acesso ao parque e aos atrativos. O roteiro, que sai de Palmas e passa pelas cidades de Ponte Alta e Mateiros, costuma durar de três a cinco dias. Os principais atrativos são o Fervedouro, um poço de água cristalina onde os banhistas não afundam; as dunas e a cachoeira da Formiga. Porém os preços dos pacotes turísticos não costumam variar muito em relação à alta temporada.

Aldeia-do-Papai-Noel
Aldeia do Papai Noel Foto: Bruno Mello Teixeira

Destino: Serra Gaúcha (RS) / Período: Fevereiro a maio; segunda quinzena de agosto a outubro

Por que: A economia nessa época pode chegar a 40%. O movimento nas cidades é tranquilo e é possível conseguir descontos nos ingressos dos parques. Atrativos temáticos como a Aldeia do Papai Noel e o Parque de Neve funcionam diariamente ao longo do ano. Além de acontecer eventos na baixa temporada, como a Festa da Colônia em Gramado (agosto), a Festa da Uva, em Caxias do Sul (fevereiro e março), a Festa da Vindima em Bento Gonçalves e Garibaldi (janeiro a março), a Semana do Bebe de Canela (maio) e a Festa Nacional da Música de Gramado (outubro).

Por Amanda Lavor e Deborah de Salles Mtur



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Cultura de rua toma conta do Recife Antigo no Festival R.U.A.

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer realiza no domingo (29) o Festival R.U.A.- Recife Urbana Arte. O evento acontece no Recife Antigo e é a culminância do Colorindo o Recife, projeto iniciado em 2013 que, em 2017, tornou-se política pública municipal de incentivo à arte urbana nos espaços públicos da cidade.



O R.U.A. foi adiado devido à paralisação dos caminhoneiros, e chega agora para transformar o Recife Antigo em uma grande galeria de arte, música, dança, esportes, cinema ao ar livre e várias outras atividades, das 9h às 21h, com artistas de vários locais do Brasil.

foto-2
Ana Paula Vilaça, Secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife.

“O evento é pautado na necessidade de democratizar o acesso aos espaços públicos da cidade e a valorização da arte urbana. A proposta é trazer para o Recife Antigo diferentes grupos sociais através de uma programação multicultural e tecnicamente qualificada. Explica Ana Paula Vilaça, Secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife.

foto-4
Foto: Divulgação

Leia também: Festa das Neves terá shows do Padre Nilson e Vicente Nery

A arte de rua estará presente em outras linguagens, como a dança contemporânea do espetáculo Diário das Frutas, dirigido pelo bailarino Dielson Pessoa (ex-bailarino da Companhia Déborah Colker), inspirado em crônicas de Bruno Albertin e telas de Tereza Costa Rego, apresentações de tecido aéreo com a Cia de Acrobacia Aérea Penduricalho de Camila Gatis, Números de Mágica com Wally Garret, Dança de Stileto (com salto alto), performances de Estátuas Vivas, DJ KL Jay (do grupo Racionais MCs), Romero Ferro, entre outros. A programação conta também com uma arena de cerveja artesanal com oito cervejarias pernambucanas.



Na Marquês de Olinda, terá polo esportivo, com quadra de showball (modalidade do futebol), uma pista de skate/patins e estrutura para oficina de Slackline, além das intervenções de Parkour. O RUA tem também uma programação especial para as crianças. No palco principal, Tio Bruninho faz apresentação das 15h30 às 16h30. Já o polo infantil, que também ficará na Marques de Olinda, vai funcionar das 9h às 18h, com brinquedos infláveis, oficina de pintura corporal, oficina de Slime e outras atividades recreativas.

Clique AQUI e veja programação completa do Festival R.U.A.

Fonte: Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer / Fotos: Maurício Ferry



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

Tom Cruise continua lindo em “Missão Impossível – Efeito Fallout”

O galã do cinema Tom Cruise, aos 56 anos, estrela o filme Missão Impossível – Efeito Fallout que estreia hoje. Muita ação e aventura estão garantidos nesse roteiro. Mas entre as estreias da semana também contam com muita emoção, pois o longa Vidas à Deriva fala do desespero de um casal perdido no mar e Uma Casa à Beira Mar conta o drama de uma família prestes a assistir à morte de seu pai.



Missão Impossível – Efeito Fallout
Ethan Hunt (Tom Cruise) vai se jogar em mais uma missão impossível. Para isso, ele precisa trabalhar em equipe com o agente especial da CIA August Walker (Henry Cavill). É o novo encontro com Solomon Lane (Sean Harris) que marca a trama. Ethan vai ter que enfrentar os fantasmas do seu passado e lidar com os velhos conhecidos de moral duvidosa. Tudo isso a tempo de impedir que uma grande explosão aconteça.

 

Vidas à Deriva
Tami Oldham (Shailene Woodley) e Richard Sharp (Sam Claflin) são um casal que ama velejar. Mas numa viagem ao Taiti eles são atingidos por uma tempestade. Após o temporal, Tami fica sozinha no barco e precisa encontrar uma forma de salvar a si e ao marido. O filme é baseado em fatos reais.



A Festa

Janet (Kristin Scott Thomas) é uma política da esquerda britânica. Ao conseguir o cargo que sonhou por anos, ela convida os amigos para comemorar. Mas a festinha vai ser bem mais agitada do que ela imagina, porque seus amigos e os penetras também trouxeram revelações para contar. Até o marido de Janet, o intelectual Bill (Timothy Spall), vai chacoalhar a festa com uma surpresa.

 

Uma Casa à Beira Mar

Três irmãos voltam à casa de seu pai que está morrendo para viver esse momento em família. Juntos eles precisam decidir o que será feito do restaurante à beira-mar que o pai construiu e que é seu paraíso.



Você pode ver os horários das exibições nos cinemas da Paraíba nos links abaixo:

Manaíra Shopping

Mangabeira Shopping

Mag Shopping

Tambiá Shopping

Partage Shopping

 

Leia mais Cinema: 5 filmes emocionantes para assistir na Netflix

 

Por Larissa Rodrigues: desenhista do @be.my.type, internacionalista e mestranda de Relações Internacionais da UEPB. Adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

Festa das Neves terá shows do Padre Nilson e Vicente Nery

Divulgada nesta quarta-feira (25), a programação da Festa das Neves, que será aberta neste sábado (28), quando os parques e barracas começam a funcionar. Os shows e apresentações dos grupos de cultura popular serão realizados nos dias 04 e 05 de agosto (sábado e domingo), no Ponto de Cem Réis.

padre-nilson-nunes
Padre Nilson Nunes – Parque do Povo Foto: PMCG



No sábado (4), a programação começa às 17h com apresentação de cultura popular. Às 19h, o palco será da banda ‘Com Jesus há Esperança’ e logo em seguida será a vez do padre Nilson Nunes.

Gracinha-Telles
Gracinha Telles Foto: PMJP

No domingo (5), aniversário da Capital, a primeira parte da programação será dedicada às crianças, com o show da banda Meu Quintal, que se apresenta às 16h. Depois será a vez dos grupos de cultura popular, seguido da cantora Gracinha Telles. Para encerrar a noite, o cantor Vicente Nery, ex-vocalista da banda Cheiro de Menina, que sobe ao palco às 21h, e vai interpretar os grandes sucessos de sua carreira.

Leia também: Trem da Itália: um roteiro pela história paulista

Este ano a Festa das Neves terá a volta da Monga, a mulher que vira macaco, é um ícone tradicional das quermesses na região e contará com sete parques, que serão instalados na Rua Odon Bezerra e na Avenida Dom Pedro I, e 251 comerciantes, sendo 66 barracas e 185 móveis (que circulam pelo espaço da festa com carrinhos). Haverá também banheiros químicos instalados em vários pontos.

Por Juneldo Moraes/Secom JP – Foto destaque: Divulgação



Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!
Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

Quer receber mais conteúdo legal gratuitamente no seu e-mail? Assine a nossa Newsletter!

5 dicas básicas de como tirar fotos sozinho em viagens

Viajar sozinho é uma experiência extremamente enriquecedora. Tirar um tempo para nós mesmos, fazendo o que gostamos, indo aos lugares que queremos e curtindo a nossa própria companhia ajuda a ver a vida de outra forma. Mas quando tomamos a decisão de pegar a estrada sem companhia, surge aquela dúvida: como vou ter boas fotos dos momentos da viagem? Não se preocupe! Hoje vamos dar algumas dicas básicas de como tirar fotos sozinho e arrasar no Instagram!



Arrase nos acessórios

selfie-1323391_1920

Uma das formas mais simples de arrasar nas fotos da viagem é usar acessórios para a câmera ou celular. Tripé, pau de selfie, Gekkopod e controle remoto são alguns dos seus melhores amigos nesses momentos! Com eles é possível posicionar a câmera da forma que você preferir e arrasar nos cliques!

 

Criatividade é a chave

Mesmo que você não tenha nenhum acessório para te auxiliar, usar a criatividade é a chave para fazer boas fotos. Pensar em ângulos diferentes para a selfie, por exemplo, pode dar uma nova cara ao que seria uma foto clichê!



Seja sociável

tropical-2090133_1920

É claro que a forma mais clássica e básica de fazer fotos em viagens sozinho é pedir para os passantes fazerem o clique para você! Uma dica nesses casos é explicar direitinho para a pessoa como você quer a foto. Caso seja uma pessoa paciente, você pode até mesmo fazer uma foto para mostrar como quer o resultado. Ah, e seja educado! Se ofereça para fazer fotos da pessoa também, caso ela esteja sozinha!

 

Use o timer!

Utilizar o temporizador da câmera ou celular é essencial para tirar fotos sozinho! Você pode escorar o celular em algum lugar e ligar o timer para fazer a sua foto. Esse recurso pode ser aliado aos acessórios para deixar a experiência ainda mais simples!



Faça fotos de partes do seu corpo!

shoes-1246691_1920

Ainda aproveitando a dica de usar a criatividade, fazer fotos de partes do seu corpo pode ser uma saída legal para registrar o momento. Fotos dos pés, ou da sua mão segurando algum objeto são lindas e criativas!

 

Leia mais – Expresso do Oriente: o trem mais glamouroso do mundo

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3

 

 

Expresso do Oriente: o trem mais glamouroso do mundo

Quem gosta de romances policiais já conhece o Expresso do Oriente como palco de um assassinato num dos livros mais famosos de Agatha Christie. Trata-se do mais famoso trem de luxo do mundo. Ele esteve em funcionamento entre 1883 e 2009 e passou por diversas dificuldades financeiras na época das Grandes Guerras Mundiais. Por isso mesmo seu percurso mudou várias vezes, mas ele nunca deixou de ser símbolo de ostentação.

Nos séculos XIX e XX, quem queria fazer uma viagem de Paris a Istambul, sem abrir mão do conforto, embarcava no Trem de Constantinopla operado pela Compagnie Internationale des Wagons-Lits. Com o tempo, ele ficou conhecido como Expresso do Oriente por ligar as principais cidades europeias à Istambul, que era porta de ligação para o mundo oriental.



expresso-do-oriente1
Imagem do trem Venice-Simplon Orient Express

Georges Nagelmackers foi o filho de banqueiro que sonhou com a criação de um trem que cruzasse o continente europeu. Para a época, era um sonho ousado. As primeiras viagens duravam pouco mais de 80 horas, mas os passageiros desfrutavam do conforto de um hotel dentro das cabines e no vagão-restaurante.

Muitas companhias tentaram usar a fama do Expresso do Oriente para se sobressair, fazendo viagens com itinerários semelhantes. Atualmente, o trem original não trafega mais, mas é possível visitar alguns de seus vagões restaurados. Para quem quer viver uma experiência parecida, a Venice Simplon Orient Express promove viagens por várias cidades da Europa, com muito requinte.

expresso-do-oriente2
Imagem do trem Venice-Simplon Orient Express



Os vagões da Venice-Simplon são decorados como o estilo das décadas de 1920 e 1930. Os passageiros dispõe de três vagões-restaurantes e um bar com piano. O serviço de bordo funciona 24h. Tanto as cabines quanto as suítes têm camas que viram salas de estar durante o dia.

Na viagem clássica de Paris a Istambul, os passageiros vivem uma experiência de 6 dias a bordo do trem e em passeios pelas cidades de Bucareste, Budapeste e Istambul. O pacote inclui refeições preparadas por chefs franceses, hospedagem em hotéis nas paradas, passeios especiais e almoço num cruzeiro no Rio Danúbio. O pacote mais barato custa, em libras, £ 7.104, por pessoa em cabine dupla. Para ficar nas suítes maiores, cada passageiro paga pelo menos £ 16.535 libras.

expresso-do-oriente3
Imagem do trem Venice-Simplon Orient Express



Leia mais Trem da Itália: um roteiro pela história paulista

 

Por Larissa Rodrigues: desenhista do @be.my.type, internacionalista e mestranda de Relações Internacionais da UEPB. Adora falar de política, espiritualidade e coisinhas que amenizam nossa experiência de vida: filmes, moda, viagens e comida!!!

 

Gostou do conteúdo? Então não esquece de ativar as notificações no sininho, no canto inferior da tela do desktop!

Aproveita e segue a gente no nosso Instagram e Facebook para ver o conteúdo que postamos por lá! <3